Você está em:

Black Friday

Como vender mais na Black Friday? Veja como preparar seu negócio

Publicado por Equipe Cielo

Empreendedora de loja de bebidas lê dicas de como vender mais na Black Friday em seu tablet.

Saber como vender mais na Black Friday é essencial não só para impulsionar sua receita com uma das datas mais importantes do Varejo.

Basicamente, quem sabe aproveitar o apelo comercial deste momento tem oportunidade de aquecer as vendas de fim de ano, conquistar novos clientes e fidelizar seu público.

Mas, para que isso aconteça, você precisa preparar o seu negócio adequadamente…

Por isso, continue a leitura para você entender como vender mais na Black Friday!

Black Friday 2023

A Black Friday 2023 cai no dia 24 de novembro.

E, pela primeira vez após três anos, a data vai “voltar à normalidade”.

Afinal, em 2020 e 2021, a pandemia teve impactos significativos no comércio.

Já em 2022, a Copa do Mundo foi realizada pela 1ª vez no último trimestre do ano, sendo disputada no período entre 21 de novembro e 18 de dezembro.

Ainda assim, as vendas na Black Friday 2022 cresceram 5,5% em relação ao ano anterior, de acordo com o Índice Cielo do Varejo Ampliado (ICVA).

Com alta de 16,3%, o e-commerce foi o grande destaque da Black Friday 2022.

Nas lojas físicas, a alta nas vendas foi de 4,5%.

Antecedência e planejamento são a chave para preparar seu negócio para a Black Friday

Planejamento e antecedência são fatores decisivos para quem quer descobrir como vender mais na Black Friday.

Comece estudando o perfil do seu consumidor e os resultados anteriores do seu negócio no período.

Se esta for sua 1ª Black Friday, pesquise ações realizadas pela concorrência e dados de mercado sobre a data.

Pesquise também as tendências que estão em alta no segmento em que você atua.

A partir das informações obtidas, foque no seu planejamento de vendas e nas ações abaixo, que precisam ser preparadas com antecedência.

Ação 1 | Gerenciamento do estoque

A primeira coisa que você precisa fazer para vender mais na Black Friday é gerenciar seu estoque. Afinal, ninguém quer perder vendas ou frustrar clientes por falta de produtos.

Faça um inventário do estoque o quanto antes. Assim, você consegue ver quais produtos venderam mais, quais estão vendendo abaixo do esperado e as “surpresas” de vendas.

Esse mapeamento ajuda você a entender as necessidades do seu estoque.

Assim, é possível utilizar melhor os recursos em caixa e mapear o que deve ser prioridade na hora de comprar novos itens nos fornecedores.

Ação 2 | Avaliação do fluxo de caixa

Assim como fazer uma boa gestão de estoque, avaliar o seu fluxo de caixa também é fundamental para quem quer saber como vender mais na Black Friday.

Afinal, para pensar em fazer pedidos para fornecedores ou aumentar os investimentos para a data, é necessário fazer um bom planejamento orçamentário.

Então, organize suas contas e avalie:

Assim, você saber quanto consegue investir nas ações promocionais de Black Friday para o seu negócio.

Ação 3 | Negociação com fornecedores

A Black Friday movimenta não só as vendas para quem é cliente final, mas também para os seus fornecedores.

Por isso, alinhe previamente prazos de entrega e antecipe a compra dos produtos e insumos necessários para suas vendas.

Quanto mais antecedência, melhor as chances de fazer uma boa negociação com fornecedores em relação ao recebimento das mercadorias e o pagamento.

Ação 4 | Planejamento da divulgação

Em datas comemorativas, as pessoas são ainda mais impactadas por promoções.

Por isso, não adianta pensar em como vender mais na Black Friday sem incluir a divulgação das suas ofertas.

Então, dedique um tempo para planejar como você vai divulgar seus produtos e serviços para o período.

Seu site e os perfis da sua loja nas redes sociais devem ser atualizados com frequência, diversificando as informações sobre as ações promocionais.

Além disso, fazer vídeos de produtos para aumentar as vendas é uma ação que deve ser programada.

Diversifique seus canais de venda na Black Friday

Seu negócio precisa marcar presença onde seu público está.

Por isso, é importante diversificar os canais de venda do seu negócio para ter resultados positivos com a Black Friday.

Esta escolha deve considerar a sua realidade.

Por isso, para determinar os canais de vendas da sua empresa, você precisa saber quanto investir, além de conhecer seu público (e entender como essas pessoas consomem seus produtos/ serviços).

Como é o comportamento dos consumidores? Quais são suas principais características na jornada de compras? Ao responder estas perguntas, fica mais fácil definir quais canais você deve priorizar.

O ideal é adotar o modelo “figital”, termo usado para denominar negócios que têm canais de vendas físicos e digitais e oferecem experiências de consumo online e offline.

Agora, vamos conhecer alguns canais de vendas que podem ser adotados até por quem abriu um negócio com pouco dinheiro.

Canais digitais para vender mais na Black Friday

Quando pensamos nos canais de vendas do mundo digital, as possibilidades vão além de um site de e-commerce. Confira!

  • Aplicativos de vendas online: dos apps de delivery a apps próprios, este canal digital é sempre uma boa opção para impulsionar as vendas – principalmente, se o seu público costuma usar o celular para fazer compras;
  • Redes sociais: servem para vender e fazer relacionamento. Algumas têm plataformas próprias para venda de produtos. Mas você pode optar por fazer vendas com segurança e agilidade usando links de pagamento;
  • WhatsApp: mais do que a troca de mensagens e informações com clientes, já é possível fazer vendas no WhatsApp com a mesma facilidade que você manda uma figurinha ou foto neste app;
  • Marketplaces: agrega diversas lojas em um mesmo ambiente e funciona como um “shopping virtual”. Qualquer lojista pode usar o marketplace para fazer vendas virtuais e há diversas opções no mercado para você escolher;
  • Loja virtual: ter sua própria loja virtual dá mais liberdade para realizar ações de marketing, além de proporcionar a oportunidade de obter dados sobre o seu público que podem trazer insights (percepções) que ajudam a impulsionar suas vendas neste e em outros canais. É essencial ter uma página de pagamento integrada ao site, evitando o abandono de carrinho.

Canais físicos para vender mais na Black Friday

Dependendo do público e do perfil do seu negócio, a experiência física pode ser determinante para a decisão de compra.

Além da loja própria, você pode contar com outras alternativas interessantes (e com valor mais em conta).

  • Parceiros comerciais: você pode firmar parcerias com estabelecimentos que tenham loja física para oferecer seus produtos de forma presencial. Exemplo: se você produz doces, que tal procurar restaurantes e lanchonetes que aceitem vender seus produtos?
  • Feiras e eventos de bairro: expor seus produtos em feiras e pequenos eventos na sua região pode ajudar a aumentar suas vendas para a Black Friday e outros períodos do ano. Neste caso, é essencial ter uma máquina de cartão com bateria de longa duração ou até transformar seu celular em maquininha;
  • Representante comercial: contar com alguém que possa fazer vendas porta a porta também é uma opção interessante para apresentar seus produtos presencialmente ao cliente final. Pode ser uma ótima opção para lucrar em cidades pequenas, onde o contato mais próximo faz muita diferença;
  • Loja própria: sem dúvida, é o canal físico que oferece mais oportunidades para trabalhar estratégias de marketing com autonomia.

E não esqueça: integração de todos os canais de venda é essencial para garantir uma experiência mais completa e atraente para o seu público!

Como se preparar para a Black Friday? Estratégias de marketing vender mais antes, durante e após a data

Cada vez mais, a Black Friday vai além da última sexta-feira de novembro.

Muita gente já se mobiliza para aproveitar as promoções com antecedência ou até “tentar a sorte” em alguma “queima de estoque” após a data.

Com isso em mente, criamos um checklist de sugestões e estratégias para quem deseja saber como vender mais na Black Friday!

Período pré-Black Friday (pelo menos 15 dias antes)

Neste momento, seu público já está pesquisando preços e buscando oportunidades para fazer as primeiras comprinhas.

É o período ideal para que você:

Pense em promoções olhando para o seu estoque

A Black Friday nasceu nos Estados Unidos como uma forma de liquidar o estoque de produtos e abrir espaço para os itens das festas de fim de ano.

Inspire-se nas origens da data e use esta mesma tática para oferecer descontos significativos em produtos que estão com pouca saída.

Destaque estas promoções na vitrine da sua loja ou em um banner na página inicial do seu site.

Ajuste os últimos detalhes para atender ao aumento da demanda

Aumentar as vendas é bom, desde que seu negócio se prepare adequadamente para lidar com o aumento da demanda.

Se você tem loja física, garanta que sua equipe esteja bem-preparada para lidar com um fluxo maior de clientes.

Se você faz vendas pela internet, atenção redobrada com as entregas. Garanta que seus clientes possam simular o frete, detalhando valores e prazos de recebimento dos produtos.

Isso ajuda a passar confiança e transparência, que podem ser decisivas para a decisão de compra.

Destaque as políticas de devolução de produtos e não esqueça de considerar a logística reversa.

Prepare sua loja virtual para o aumento de acessos

Será que o servidor que hospeda sua loja virtual está preparado para o aumento de acessos na Black Friday?

Para não correr risco de ver o seu site “sair do ar” em momentos de pico de vendas, entre em contato com a empresa que hospeda seu site e busque esta informação.

Se puder contar com o apoio de uma equipe de Informática para fazer testes e garantir a estabilidade do seu e-commerce, melhor ainda.

Diversifique as formas de pagamento

Na Black Friday, a possibilidade de atender diversos perfis de clientes é grande.

Com isso, aumenta a importância de oferecer diversas formas de pagamento para aumentar as vendas do seu negócio.

Tanto na loja virtual quanto na loja física, prepare-se para aceitar tudo em relação a pagamentos: cartões de débito e crédito, Pix, vouchers, pagamento por aproximação (NFC), QR Code e até cartões estrangeiros!

E nunca é demais lembrar: com tanta “Black Fraude” por aí, sua solução de pagamentos deve contribuir para que você e seu público tenha uma Black Friday com segurança!

Intensifique a divulgação

Sabe aquele ditado que diz que “quem não é visto, não é lembrado”? Ele deve ser seu lema na Black Friday.

Intensifique a divulgação de produtos na internet e no ponto de venda no período que antecede esta data.

Nas redes sociais, marque presença com postagens de promoções, cupons de desconto especiais e demonstrações de produtos.

Outra boa dica: crie um grupo VIP de clientes para fazer vendas no WhatsApp ou outros apps de mensagem, oferecendo cupons de desconto, brindes e preços especiais.

Últimos preparativos pré-Black Friday (pelo menos 7 dias antes)

Faltando uma semana para o “grande dia”, é hora dos últimos preparativos para vender mais na Black Friday.

É importante que você:

Use gatilhos mentais

Gatilhos mentais são estímulos subconscientes que, a partir das sensações que despertam, podem influenciar a forma como as pessoas decidem sobre alguma coisa.

Não por acaso, eles são muito utilizados como técnicas de venda, pois podem ajudar a gerar impulsos favoráveis à decisão de compra de cada cliente.

Exemplo: o gatilho mental da urgência é muito usado em lojas virtuais que usam relógio de contagem regressiva para mostrar a duração de uma oferta ou em lojas físicas que fazem “promoções relâmpago”, voltadas para clientes que já estão no local.

Use este recurso a seu favor!

Estimule clientes a fazerem um cadastro prévio

Se você tem uma base com contatos de clientes, envie mensagens convidando as pessoas a fazerem um cadastro prévio para ver as ofertas da Black Friday com antecedência.

Isso pode funcionar como um bom alerta para quem já está monitorando os preços.

Além disso, esta ação ajuda você a manter os dados de seus consumidores atualizados, o que é contribui para possíveis ganhos de taxa de abertura e de efetividade da comunicação com seu público.

Faça um “esquenta” de ofertas

Produtos com maior disponibilidade no estoque ou que costumam ser mais procurados na Black Friday podem ser ofertados antes da última sexta-feira de novembro.

Este “esquenta de ofertas” ajuda a aumentar o movimento da sua loja ou site.

Assim, notifique seus clientes sobre alguns produtos “campeões de vendas” que estarão com desconto na sua loja ou e-commerce.

Isto ajuda muita gente a incluir seu negócio “no radar” e a aumentar a atenção com as promoções que você vai oferecer.

Organize bem as informações

Quem quer saber como vender mais na Black Friday precisa lembrar que clientes se planejam para as compras no período, fazendo pesquisas prévias, comparando produtos e as vantagens oferecidas por cada lojista.

Então, organize bem as informações sobre os produtos e garanta que sua equipe saiba tirar as dúvidas não só sobre os itens à venda, mas também sobre troca e condições de pagamento – incluindo formas de parcelamento oferecidas.

Chegou o dia: hora de aumentar as vendas na Black Friday

O grande dia chegou? Então, redobre os esforços e coloque em prática tudo que foi planejado até aqui, porque é hora de aumentar as vendas com a Black Friday.

Para isso:

Reforce o atendimento

Com o aumento de ofertas e promoções de curta duração, oferecer um atendimento rápido, atencioso e ágil faz diferença para quem está procurando saber como vender mais na Black Friday.

Por isso, reforce o atendimento em seus canais de venda e procure dar retorno o quanto antes para as pessoas que entram em contato com você.

Parece básico, mas acredite: bom atendimento ainda é um diferencial competitivo e tanto em qualquer segmento.

Agilize os pagamentos

Por mais que as pessoas saibam que esse dia tem um movimento maior, se sua loja estiver com filas intermináveis, elas desistem da compra.

Então, sua maquininha de cartão precisa estar sempre disponível e finalizar as transações rapidamente.

Isso é ainda mais importante para as vendas na internet. Além de segura, sua página de pagamentos deve ser ágil na conclusão da compra, evitando o abandono de carrinho.

Na Black Friday, cada venda perdida pode representar uma oportunidade a menos para conquistar e fidelizar clientes.

Monte combos de produtos

Além dos preços promocionais, ofereça combos de produtos que, ao quando adquiridos juntos, tenham um custo-benefício melhor do que se fossem comprados individualmente.

Se preferir, você pode montar kits com várias unidades de um produto só, oferecendo um desconto pela compra em maior volume.

Ações assim ajudam você a vender mais na Black Friday e a aumentar o ticket médio do seu negócio.

Aposte na venda de produtos complementares

Além dos combos, outra estratégia que ajuda as pessoas a gastarem mais na sua loja é apostar na oferta de produtos complementares.

Isso vale para quem faz vendas presenciais ou pela internet. Também chamada de cross selling, este tipo de prática consiste em oferecer produtos/serviços complementares ao que já foi ou está sendo comprado por alguém.

Por exemplo: se uma pessoa compra um celular, ela pode se interessar por um fone de ouvido sem fio ou acessórios como capinha, película e seguro contra roubos ou danos.

Ofereça estes itens em locais próximos, favorecendo a compra por impulso. No site de e-commerce, faça o mesmo, recomendando produtos relacionados aos que estão no carrinho ou que foram comprados recentemente.

Período pós Black Friday (Cyber Monday e vendas de fim de ano)

Lembra quando falamos que a Black Friday acaba indo além da última sexta de novembro?

Então… Após a data, é hora de aproveitar o embalo para pavimentar o caminho e manter as vendas em alta até as festas de fim de ano.

Neste momento:

Aproveite a Cyber Monday

A Cyber Monday é o nome dado à primeira segunda-feira pós Black Friday.

Embora tenha sido criada inicialmente para o e-commerce, ela vem sendo adotada pelo Varejo em geral. E você pode aproveitar essa oportunidade para estender as promoções e continuar atraindo clientes.

Para isso, nada melhor do que fazer uma boa queima de estoque, oferecendo descontos extras para quem para quem fez compras com você na Black Friday.

Nas lojas físicas, ofereça cupons de descontos válidos para esta data. Faça o mesmo na sua loja virtual.

Mire na fidelização

É hora de fortalecer o relacionamento com as pessoas que consumiram seus produtos ou serviços durante a Black Friday.

Ofereça novos produtos, promoções e vantagens para que ele volte a comprar na sua loja.

Mantenha contato divulgando novidades e, se possível, faça pesquisas de satisfação do cliente.

O importante é não deixar a oportunidade de fidelizar este público!

Tenha atenção ao pós-venda

O pós Black Friday também é um período em que pode haver um aumento no número de trocas e devoluções.

Além disso, algumas pessoas podem ter dúvidas ao receber o produto.

Mantenha uma equipe preparada para agilizar essas demandas e tirar dúvidas.

Em casos específicos, vale fornecer os dados de contato do suporte técnico das empresas fabricantes de cada item ou indicar tutoriais de ajuda disponíveis na internet.

Para vender mais na Black Friday e em datas comemorativas, tome decisões baseadas em dados

Neste texto, trouxemos informações que podem ajudar bastante quem está tentando descobrir como vender mais na Black Friday.

Como ressaltamos, planejamento e antecedência são fundamentais para aumentar suas vendas nesta ou em outras datas comemorativas.

Mas sabe outra coisa que ajuda bastante a impulsionar o seu negócio? Tomar decisões baseadas em dados.

E, para isso, você pode contar com o Cielo Farol.

Com ele, você tem uma visão completa do seu negócio através de diversos indicadores como:

  • Faturamento;
  • Ticket Médio;
  • Quantidade de clientes (novos ou recorrentes);
  • Frequência de compras dos clientes;
  • Médias de vendas;
  • Nível de renda e perfil de consumo dos clientes;
  • Formato das vendas realizadas (crédito, débito, à vista ou parcelado) etc.

E mais: é possível comparar a performance do seu negócio com concorrentes com perfil similar ao seu!

Nosso cliente EMIGÊ Moda Circular fala um pouco de como o Cielo Farol é importante no sucesso da empresa:

E aí, bora juntar forças?

Conte com a Cielo para melhorar as vendas, as finanças e a gestão do seu negócio!

Receba uma proposta personalizada!

Portfólio de soluções,

encontre a sua.

Saiba mais

Matérias mais recentes

Atividades permitidas no Simples Nacional separadas por setores e principais CNAEs

Está procurando quais são as atividades permitidas no Simples Nacional para enquadrar sua empresa? A boa notícia é que existem…

Publicado por Equipe Cielo

Torta no Quintal: diversidade de sabores e de formas de pagamento em parceria com a Cielo

Há quase 13 anos, o casal Juliana e Rafael decidirem transformar o sonho de ter seu próprio negócio em realidade….

Publicado por Equipe Cielo

Business Performance: o que é, exemplos e principais KPIs para melhorar seu negócio

Business Performance é um conjunto de práticas que usa a análise de dados para otimizar a gestão de uma organização….

Publicado por Equipe Cielo

O que é CVBA (Característica, Vantagem, Benefício e Atração)? Venda mais e melhor!

CVBA é uma sigla que pode ajudar você a impulsionar suas vendas com uma metodologia simples. Basicamente, você terá que…

Publicado por Equipe Cielo

Valor agregado de um produto: o que é e como aplicar? Melhore o seu faturamento!

Você sabe o que é valor agregado de um produto e por que é importante trabalhar esse atributo no seu…

Publicado por Equipe Cielo

Lollapalooza Brasil 2024: Cielo é a maquininha de pagamento oficial do festival

A Cielo, referência no setor de meios de pagamentos no país, será a maquininha de pagamento oficial do Lollapalooza Brasil…

Publicado por Equipe Cielo
Ver mais matérias

Portfólio de Soluções! Encontre a que melhor combina com você.

Portfolio de soluções encontre a sua.

Cielo LIO

A máquina inteligente que trabalha por você e economiza seu dinheiro.
Saiba mais
Portfolio de soluções encontre a sua.

Cielo FLASH

A maquininha ultraveloz para você vender muito mais
Saiba mais
Portfolio de soluções encontre a sua.

Cielo ZIP

Na Cielo Você ganha! sua maquininha de verdade.
Saiba mais

Entre em contato e prepare-se para vender mais:

Central de Relacionamento

4002-5472 (todas as localidades)
0800-579-8472 (exceto capitais)

Suporte Técnico

4002-9111 (todas as localidades)
0800-579-0111 (exceto capitais)

Ouvidoria

0800-570-2288