Você está em:

Dicas e Histórias de Sucesso

Como fazer vídeos de produtos e usar para aumentar as vendas

Quer saber como fazer vídeos de produtos com qualidade? Confira as melhores dicas e saiba por que vale a pena investir na estratégia.
Publicado por Equipe Cielo

Saber como fazer vídeos de produtos é essencial para qualquer empreendedor que trabalha com vendas. E se forem vendas online, mais ainda.

Acontece que a variedade de opções na internet aumenta a exigência dos consumidores na hora de comprar.

Por isso, mesmo que você tenha uma loja física, a divulgação dos seus produtos em vídeo pode ajudar a atrair visitantes à sua loja.

A necessidade é ainda maior para quem trabalha com e-commerce, pois esses conteúdos são uma forma de ir além das fotografias para mostrar seus itens.

Pensando nisso, preparamos este artigo para mostrar que você aprender como fazer vídeos de produtos e incorporar as melhores práticas ao seu planejamento de vendas.

O que são vídeos de produtos?

Vídeos de produtos são conteúdos audiovisuais criados para mostrar ao consumidor como é o item que está à venda.

Esses vídeos podem ser gravados por vários tipos de equipamento, de telefones celulares a câmeras profissionais, e duram alguns minutos.

Além de mostrar o objeto por diferentes ângulos, o vídeo deve apresentar também suas funcionalidades.

Por isso, dependendo do tipo de artigo que está à venda, pode ser necessário mostrar seu funcionamento.

Além do caráter informativo, o vídeo pode melhorar a taxa de conversão, pois mostra como funciona o produto e as vantagens da sua compra.

Portanto, saber como fazer vídeos de produtos é um meio de melhorar o fluxo de caixa e aumentar a margem de lucro do seu negócio.

Quais são os tipos de vídeos de produtos?

Antes de explicar como fazer vídeos de produtos, é preciso destacar que eles variam de acordo com o público-alvo e a categoria do produto.

Portanto, para começar a planejar seu conteúdo, confira abaixo os principais tipos de vídeos de produtos.

Tutorial

Vídeos em formato tutorial são aqueles que ensinam de forma detalhada como o produto deve ser utilizado.

Esse conceito pode ser destinado à venda de um produto complexo, com as instruções de uso.

Outro uso dos tutoriais é apresentar várias maneiras para se usar produtos mais simples.

Por exemplo, tutoriais de maquiagem para produtos de beleza e receitas de pratos com determinado ingrediente.

Para produzir tutoriais em vídeo, é importante falar com calma e evitar atropelos, seguindo o roteiro já definido.

Além disso, foque no produto e procure demonstrar bem suas vantagens durante a explicação.

Vídeo demonstrativo

O vídeo demonstrativo é um conteúdo simples e objetivo em que o produto aparece em uso.

O caráter não é informativo como no tutorial, mas vai além de uma simples filmagem do item.

O objetivo é mostrar ao consumidor sua utilização prática.

Esse formato pode ser adotado para vender vários tipos de produto que precisem de uma demonstração de uso.

Por isso, é um formato adequado para apresentar eletrodomésticos e artigos eletrônicos.

Também podem ser feitos com roupas e acessórios de beleza, com modelos experimentando as peças.

Para fazer um vídeo com esse formato, procure manter o tempo curto, com até três minutos.

Fale sobre as informações mais importantes e deixe de lado detalhes técnicos, tomando cuidado para evitar exageros em relação ao produto.

Comercial

O vídeo comercial é feito para incentivar a compra do produto, mostrando suas vantagens e benefícios.

Tem um formato mais semelhante aos de anúncios que vemos na televisão.

Portanto, não é informativo como os dois exemplos anteriores.

Vídeos comerciais são indicados para qualquer tipo de produto, desde que tenham uma linguagem voltada ao seu público-alvo.

Ao escrever seu roteiro, pense em todas as vantagens do item e em como ele pode ajudar os consumidores que assistirem.

Saber como fazer vídeos de produtos nesse formato é importante não apenas para demonstrar o objeto, mas também para divulgar eventos como promoções para atrair clientes.

Por que investir na criação de vídeos?

Segundo pesquisa da empresa Wyzwol (em inglês), 86% das empresas usam a produção de vídeos como parte de sua estratégia de marketing.

O motivo é simples: o público gosta.

Segundo reportagem da revista Forbes (também em inglês), 90% dos consumidores assistem a vídeos de produtos que pretendem comprar antes de tomarem a decisão.

O dado mostra que muitas pessoas podem deixar de fazer uma compra se não tiverem como ver o produto em um vídeo.

Por ser um formato mais fiel à realidade em relação a uma foto – que pode ser facilmente editada e manipulada – o vídeo agrada mais ao consumidor.

Por que valorizar o consumidor em seu negócio?

O consumidor deve ser valorizado porque, no fim das contas, é quem define se seu negócio terá bons ou maus resultados.

O sucesso de uma empresa de vendas passa por convencer as pessoas a comprarem sua solução.

E para fazer isso, o primeiro passo é entender como esse público prefere ser informado sobre itens do seu interesse.

Além disso, as infinitas possibilidades de conteúdo e a alta concorrência tornam o consumidor exigente.

Por isso, tantas empresas investem na produção de vídeos, como mostramos acima.

Como fazer vídeos de produtos de qualidade?

Bom, agora que você sabe da importância dessa iniciativa, é hora de aprender como fazer vídeos de produtos.

A partir de agora, vamos mostrar os passos mais importantes para a sua estratégia.

Leia cada um deles antes de dar início ao seu projeto.

Crie um roteiro

A produção de um vídeo começa bem antes de ligar sua câmera.

Afinal, quando você estiver gravando, precisa seguir um roteiro com as falas que você vai gravar, se for o caso.

Mesmo em um vídeo sem fala, não deixe de elaborar um roteiro com as descrições de cada cena e de como será o cenário.

Se outra pessoa editar, este guia também servirá para dar indicações sobre cortes e inserção de recursos como animações e legendas.

A etapa é essencial para tornar a gravação mais dinâmica e evitar que alguma cena ou tomada fique de fora na hora da edição.

Adapte a linguagem ao canal para veicular seus vídeos

Lembre-se da importância de agradar o cliente na hora de gravar seus vídeos.

Por isso, sua linguagem deve ser direcionada para o público que estiver assistindo, portanto, você precisa conhecê-lo bem.

Dados sobre comportamento do consumidor, como gênero, faixa etária e renda mensal podem render insights das melhores formas de abordar esse público.

Por exemplo, um comercial de artigos esportivos pode ser mais descontraído, enquanto um vídeo sobre vestuário executivo deve ter um tom mais sério.

Cuide do cenário e da iluminação

A iluminação é o principal ponto para a qualidade do seu vídeo.

Com uma boa luz, você pode produzir bons materiais mesmo com câmeras sem uma resolução muito alta.

O ideal é que você consiga um foco de luz natural para incidir diretamente sobre o produto.

Se não houver essa possibilidade, você vai precisar comprar equipamentos de iluminação como ring lights, softboxes, difusores e rebatedores.

O ideal nesses casos é ter mais de um ponto de luz, para evitar sombras que possam ocultar trechos do produto.

Além disso, você precisará de um cenário neutro para dar destaque ao objeto.

Uma boa alternativa é comprar um “tecido não tecido” (TNT), mas um pedaço de cartolina ou papel de EVA podem dar conta do recado.

A cor pode ser branca ou preta, dependendo do contraste com o objeto.

Na hora de gravar, faça o registro com o maior número de ângulos possível.

Dê atenção especial para o áudio e legendas

Em relação ao áudio, seu vídeo pode ter três formatos diferentes:

  • Narração em off: apenas o objeto aparece, enquanto uma narração ao fundo fala sobre o item e suas utilizações;
  • Com apresentador: uma pessoa aparece no vídeo para mostrar o produto e como usar;
  • Sem fala: o item é mostrado sem fala, com uma música de fundo.

Nos casos de vídeos com fala, o cuidado com a qualidade do áudio é essencial não apenas para garantir que o público entenda seu vídeo, mas também para demonstrar profissionalismo.

Para isso, a primeira etapa é fazer suas gravações em um ambiente silencioso.

Se quiser fazer áudio em off, use sempre um microfone.

Se possível, acople o microfone ao computador e use um software de gravação – o Audacity é um dos melhores e é gratuito.

Na hora de editar, você terá que sincronizar o áudio com as imagens.

Uma dica que pode ajudar é bater palma uma vez na frente da câmera e perto do microfone, para depois usar o áudio e a imagem para fazer a sincronia.

E procure deixar sempre legendado.

Muitos dos que abrirem o vídeo podem ver no celular sem som, por estarem em um lugar público como um ônibus ou uma sala de espera.

Assim, só com legenda para entender o conteúdo.

A edição pode fazer milagres em seu vídeo

O processo de edição exige certo nível de conhecimento ou prática.

Se você não tiver, contrate alguém em alguma plataforma de freelancers, como 99Freelas, Workana ou Fiverr.

Caso você mesmo ou algum colaborador for fazer a edição, vai precisar de um software – os mais simples são o Movie Maker, do Windows e o iMovie, do Mac.

Outra alternativa é usar editores online, como Clipchamp e InVideo, ou aplicativos para dispositivos móveis, como WeVideo e Magisto.

Mais que simplesmente cortar e montar o conteúdo, uma boa edição pode corrigir problemas de cor e iluminação.

Além disso, aproveite para usar uma trilha sonora – com o cuidado de evitar faixas protegidas por direitos autorais.

Ao fazer a montagem, procure fazer os cortes durante um gesto ou movimento, para tornar a transição mais agradável aos olhos do espectador.

Use os vídeos de produtos para divulgação e vendas

Mostramos neste conteúdo como fazer vídeos de produtos.

Durante todas as etapas do processo, lembre-se do propósito de uso desse recurso: divulgar seus produtos para vender mais.

Então, tenha ao seu alcance todas as ferramentas que podem ajudar a concretizar tal objetivo.

A partir do momento que um potencial cliente ver seu vídeo, você deve estar preparado para fechar a venda.

A Cielo conta com várias soluções que podem ajudar a aumentar suas vendas em lojas físicas, como as maquininhas que aceitam diversas formas de pagamento e ajudam a monitorar os dados de suas vendas.

Além disso, temos também soluções para o comércio virtual, como um link de pagamento para você vender diretamente pelas suas redes sociais.

Acompanhe o nosso blog e fique por dentro das tendências e soluções para o seu negócio!

Matérias mais recentes

Atividades permitidas no Simples Nacional separadas por setores e principais CNAEs

Está procurando quais são as atividades permitidas no Simples Nacional para enquadrar sua empresa? A boa notícia é que existem…

Publicado por Equipe Cielo

Torta no Quintal: diversidade de sabores e de formas de pagamento em parceria com a Cielo

Há quase 13 anos, o casal Juliana e Rafael decidirem transformar o sonho de ter seu próprio negócio em realidade….

Publicado por Equipe Cielo

Business Performance: o que é, exemplos e principais KPIs para melhorar seu negócio

Business Performance é um conjunto de práticas que usa a análise de dados para otimizar a gestão de uma organização….

Publicado por Equipe Cielo

O que é CVBA (Característica, Vantagem, Benefício e Atração)? Venda mais e melhor!

CVBA é uma sigla que pode ajudar você a impulsionar suas vendas com uma metodologia simples. Basicamente, você terá que…

Publicado por Equipe Cielo

Valor agregado de um produto: o que é e como aplicar? Melhore o seu faturamento!

Você sabe o que é valor agregado de um produto e por que é importante trabalhar esse atributo no seu…

Publicado por Equipe Cielo

Lollapalooza Brasil 2024: Cielo é a maquininha de pagamento oficial do festival

A Cielo, referência no setor de meios de pagamentos no país, será a maquininha de pagamento oficial do Lollapalooza Brasil…

Publicado por Equipe Cielo
Ver mais matérias

Portfólio de Soluções! Encontre a que melhor combina com você.

Portfolio de soluções encontre a sua.

Cielo LIO

A máquina inteligente que trabalha por você e economiza seu dinheiro.
Saiba mais
Portfolio de soluções encontre a sua.

Cielo FLASH

A maquininha ultraveloz para você vender muito mais
Saiba mais
Portfolio de soluções encontre a sua.

Cielo ZIP

Na Cielo Você ganha! sua maquininha de verdade.
Saiba mais

Entre em contato e prepare-se para vender mais:

Central de Relacionamento

4002-5472 (todas as localidades)
0800-579-8472 (exceto capitais)

Suporte Técnico

4002-9111 (todas as localidades)
0800-579-0111 (exceto capitais)

Ouvidoria

0800-570-2288