Você está em:

Dicas e Histórias de Sucesso

Como vender comida pela internet? Veja dicas essenciais para ter bons lucros!

Saber como vender comida pela internet pode ser uma ótima oportunidade para quem deseja empreender nos meios digitais! Separamos informações que podem ajudar você a entrar nesse ramo. Dá só uma olhada!
Publicado por Equipe Cielo

Você quer saber se tem como vender comida pela internet para ganhar dinheiro em casa?

Já tem muita gente fazendo isso e você também pode faturar com esse tipo de negócio.

Saiba que, para dar certo, não basta simplesmente começar a preparar os pratos: é preciso planejar bem a sua iniciativa.

Para apresentar as principais informações que você precisa para faturar, nós preparamos este artigo!

Leia até o final e aprenda como vender comida pela internet.

Tem como vender comida pela internet?

Iniciativas como vender comida pela internet têm dado cada vez mais resultados para os empreendedores.

Em 2022, o setor de alimentos e bebidas teve uma alta de 82,8% no Brasil, impulsionando o resultado positivo do e-commerce em geral, segundo a NielsenIQ Ebit.

Essa é uma tendência mundial que veio para ficar.

De acordo com o Global Online Grocery Market, as vendas online de alimentos e bebidas devem crescer 25% até 2030 no mundo.

Portanto, é uma das melhores formas de ganhar dinheiro na internet.

Para isso, é preciso fazer um planejamento completo.

Portanto, vamos mostrar a partir de agora tudo o que você precisa antes de pensar em começar a cozinhar.

Venda de alimentos pela internet: como começar?

O aprendizado de como vender comida pela internet vai muito além de técnicas de cozinha.

Antes da parte prática, existe todo um plano a ser feito para garantir os melhores resultados.

Confira algumas dicas para começar seu empreendimento na sequência.

Faça uma pesquisa de mercado e estude os concorrentes

O primeiro passo para começar a planejar sua empresa é entender o panorama do seu modelo de negócios.

Seja para cozinhar seus pratos ou revender alimentos prontos, o momento de estudar a concorrência permite tirar uma série de conclusões.

Analise o preço que eles cobram, os diferenciais que oferecem e também confira quais são os itens com menor número de competidores do mercado.

Uma boa dica para isso é observar os aplicativos de delivery, mas você também pode pesquisar por hashtags populares nas redes sociais, como #comida e #delivery.

Crie um plano de negócios

As informações coletadas nessa pesquisa serão a base do seu plano de negócios.

A partir delas, você poderá delimitar sua área de atuação e traçar o perfil do seu público-alvo, ou seja, aquelas pessoas que você quer atingir.

Este será o momento de tomar decisões importantes como, por exemplo, se você vai cozinhar ou comprar alimentos prontos.

Pesquise os preços dos ingredientes – ou dos próprios alimentos, se for o caso – e confira se você já tem os equipamentos e utensílios adequados para começar o preparo dos alimentos.

Inclua nesse plano os próximos passos para fazer sua empresa crescer quando chegar a hora certa.

Formalize sua empresa e consiga as licenças obrigatórias

É muito comum vermos empreendedores que já administram um restaurante aproveitando sua estrutura para vender pela internet.

Nesses casos, é bem provável que todos os documentos necessários já existam, embora o ideal seja consultar a prefeitura de sua cidade para se certificar.

E se você estiver criando um negócio do zero, a melhor estratégia é abrir um CNPJ e aderir ao regime de microempreendedor individual (MEI).

Assim, você paga uma tributação reduzida.

Cuide da apresentação de seus produtos

Saber como vender comida pela internet envolve tornar seus produtos atraentes.

Por isso, cuide da apresentação deles.

Pense em como o cliente vai receber o produto, seja por delivery ou retirando o que comprou.

Investir em uma boa embalagem é um cuidado extra, mas é durante o preparo do alimento que a atenção com os detalhes faz a diferença.

E mesmo se você comprou o alimento pronto, sempre há uma maneira de fazer com que ele fique mais apresentável.

Outro ponto crucial: garanta que a comida vai chegar quentinha ao cliente.

Tenha ótimos fornecedores e produtos de qualidade

Uma pesquisa por fornecedores com preços baixos e qualidade alta pode aumentar bastante suas chances de sucesso.

Afinal, você precisa de ingredientes bons para ter comida boa, certo?

Além disso, o preço que você vai gastar impacta diretamente na sua precificação e nos seus lucros.

Por isso, quando você encontrar um fornecedor ideal para suas necessidades, faça o que você espera de seus clientes: seja um consumidor fiel.

Assim, fica mais fácil negociar descontos e outras vantagens.

6 dicas de como vender comida pela internet

Depois de criar todo o seu planejamento, é hora de fazer sua iniciativa funcionar.

As chances de dar certo e crescer serão maiores se você seguir nossas seis dicas de como vender comida pela internet.

Acompanhe!

1. Entenda quais são os desejos do seu público-alvo

Conhecer o perfil do seu consumidor ideal significa ir além de obter dados como profissão, faixa etária e tudo mais.

É importante entender o que ele deseja.

Isso pode ser feito ao longo das suas atividades, ao analisar os pedidos que são feitos e as características do autor do pedido.

E quanto mais opções de personalização você oferecer na hora de receber os pedidos, mais fácil será fazer essa análise.

Você também pode pedir sugestões e opiniões, principalmente depois de testar novos ingredientes, e fazer pesquisa de perfil de consumidor.

2. Aprenda a divulgar nas redes sociais

As redes sociais são um importante aliado do seu negócio.

Quando você criar seu perfil, verá que tem um longo caminho até conseguir um bom número de seguidores.

Uma dica para divulgar seus perfis é usar hashtags relacionadas a alimentos em todas as suas postagens.

Ferramentas como a MetaHashtags podem ajudar você a encontrar as melhores.

Não fique apenas na divulgação: publique conteúdo interessante e relevante sobre cozinha e alimentação ou com foco em algo do interesse do seu público-alvo.

E não se esqueça de usar todos os meios offline possíveis, tais como embalagens, guardanapos e materiais publicitários para divulgar seus perfis nas principais redes sociais.

3. Invista em boas fotos e vídeos dos seus produtos

Imagens de comida apetitosa são um dos principais gatilhos mentais.

Em outras palavras, elas provocam um impulso nos consumidores que pode ajudar a estimular a compra dos seus produtos.

Para isso, é preciso se sobressair com fotos e vídeos poderosos dos seus itens.

Você pode fazer isso com um bom celular, mas se contar com uma câmera fotográfica robusta e, principalmente, com o serviço de profissionais especializados nesse tipo de produção, é melhor ainda.

Faça várias fotos de diferentes ângulos e distâncias, sempre em um cenário limpo para valorizar os pratos.

E use uma boa iluminação para evitar sombras e melhorar ainda mais a imagem.

4. Faça boas promoções de lançamento

Quando estiver tudo pronto para começar as vendas, lembre-se que, no primeiro momento, atrair os primeiros consumidores é mais importante do que lucrar.

E para isso, crie promoções irresistíveis.

Baixe os preços agora e capriche nos produtos para mostrar o quanto sua comida é boa.

Depois disso, você poderá normalizar sua precificação de acordo com o planejamento.

E para chamar mais gente, você pode repetir suas promoções em datas sazonais que remetem à comida, como a Páscoa.

5. Use técnicas de fidelização de clientes

Empresas de alimentação que vendem boa comida têm uma tendência de fidelizar seus clientes naturalmente.

Entretanto, para superar a concorrência, é importante implementar técnicas para isso.

Algumas são bem simples e podem dar resultado, como:

  • Incluir um brinde na embalagem;
  • A cada pedido, dar desconto para a próxima compra;
  • Criar um programa de fidelidade com uma pontuação por pedido;
  • Receber sugestões e responder comentários nas redes sociais;
  • Oferecer promoções exclusivas a seguidores (ou para os “superfãs” no Facebook).

E procure sempre garantir um ótimo atendimento.

6. Esteja nos aplicativos de delivery

Plataformas como Rappi e iFood podem ajudar duplamente seu negócio.

Além de garantir as logísticas e repassar ao cliente a despesa com o transporte, elas ainda ajudam a divulgar seu negócio.

Pense naquela sua promoção irresistível de lançamento e em quantas pessoas você pode atingir dessa forma.

Cada usuário que acessar o app e ver seus preços é um cliente em potencial que você alcançou com apenas um anúncio.

Acompanhe as entregas e invista no pós-venda

Neste artigo, vimos como vender comida pela internet inclui uma série de pesquisas e planejamentos.

Todo o processo começa antes da primeira compra de ingredientes e termina somente depois que seu cliente estiver satisfeito.

Ou seja, o pós-venda é essencial.

Acompanhe as entregas presencialmente, se possível, ou monitore o processo pela internet para se certificar que deu tudo certo.

Também é importante garantir uma cobrança tranquila.

Afinal, atender os desejos do seu público também inclui permitir que ele pague como bem entender.

Alguns vão preferir pagar diretamente pela internet, enquanto outros pedirão para usar cartões de débito e crédito ou vouchers (vales refeição/alimentação) no pagamento presencial.

O que importa é que, seja qual for a preferência de cada cliente, a Cielo tem a solução que você precisa para não perder nenhuma venda só porque não oferece essa ou aquela forma de pagamento.

E, além das maquininhas e das soluções de e-commerce, você ainda tem diversos serviços para ajudar a melhorar as vendas, as finanças e a gestão do seu negócio!

Receba uma oferta personalizada para a sua necessidade!


Portfólio de Soluções! Encontre a que melhor combina com você.

Portfolio de soluções encontre a sua.

Cielo LIO

A máquina inteligente que trabalha por você e economiza seu dinheiro.
Saiba mais
Portfolio de soluções encontre a sua.

Cielo FLASH

A maquininha ultraveloz para você vender muito mais
Saiba mais
Portfolio de soluções encontre a sua.

Cielo ZIP

Na Cielo Você ganha! sua maquininha de verdade.
Saiba mais

Entre em contato e prepare-se para vender mais:

Central de Relacionamento

4002-5472 (todas as localidades)
0800-579-8472 (exceto capitais)

Suporte Técnico

4002-9111 (todas as localidades)
0800-579-0111 (exceto capitais)

Ouvidoria

0800-570-2288