Você está em:

Dicas e Histórias de Sucesso

Empreendedorismo: o que é e como ser um empreendedor

Publicado por Equipe Cielo

Entenda o que é empreendedorismo e conheça dicas de casos de sucesso para você adquirir um perfil empreendedor

 
O Brasil é uma nação de empreendedores. Hoje, cerca de 26 milhões de brasileiros têm um negócio próprio e movimentam perto de R$ 1 trilhão por ano.
Muita gente quer empreender, mas não sabe como. Em primeiro lugar, é importante explicar qual é a definição de empreender. Empreendedorismo é a disposição ou capacidade de idealizar, coordenar e realizar projetos, serviços ou negócios. A ideia do seu negócio depende muito do que você gosta e/ou busca.
Para ajudar quem está neste desafio, a Cielo está rodando o país com dicas de negócios. O projeto Cielo na Estrada vai percorrer mais de 12 mil quilômetros, passando por 24 cidades. Em Recife (PE), o especialista em marketing digital Bruno Ávila realizou oficinas para quem visitou a HFN (Hotel & Food Nordeste), em outubro. Entre os três temas abordados, Bruno falou sobre “Como e por que empreender?“.
Confira abaixo algumas dicas de Bruno, que estão disponíveis também em vídeo na íntegra:

 

Todo mundo nasce empreendedor

“Temos que desmistificar uma coisa: ser empreendedor não é a mesma coisa que ser dono de um negócio. Mesmo sendo funcionário de uma empresa, você tem a força necessária para empreender, porque você faz isso desde criança quando transformava uma massinha branca em um boneco de neve. Empreender nada mais é que você ter uma ideia e, com sua ação, transformar aquilo em algo melhor. Essa é a graça do empreendedorismo, você transformar uma ideia em algo tangível”, explica Bruno Ávila.

A era digital é o melhor momento para empreender

Nunca na história da humanidade foi tão fácil e tão barato você ser dono do seu próprio negócio. “Antigamente, todo mundo tinha que colocar muito dinheiro na frente, não tinha como testar o seu negócio, antes de abri-lo. Ou você mergulhava de cabeça em um negócio ou você não empreendia”, aponta Bruno. Precisava alugar um lugar, imprimir panfleto, publicar anúncio em jornal, contratar funcionário. Com a chegada da era digital o futuro empreendedor tem acesso a um leque de informações, pesquisas e estudos de mercado para entender o cenário que ele deseja investir.

Computador + mesa = Empresa

“Jeff Bezos (Amazon), Bill Gates (Microsoft) e Steve Jobs (Apple) começaram seus negócios com zero de investimento, em um computador na garagem de casa. Hoje, as empresas que eles criaram são as maiores do mundo. Comecei em 1997 com uma agência de criação de sites. E, desde então, empreendo. Comecei no meu quarto, na casa dos meus pais. Tinha só uma mesa e um computador. Atualmente, tenho uma escola on-line e fui um dos pioneiros em cursos on-line do Brasil”, indica o especialista.

Não largue seu emprego para empreender

O palestrante declara: “Muita gente pensa assim: eu não vou empreender porque eu preciso largar o meu emprego.  Antigamente era assim. Só que hoje não, você consegue gerenciar sua empresa pelo celular e pelo computador enquanto continua no seu emprego. Hoje você tem a opção de apertar o botão de envio e se conectar com os Correios para que eles peguem e mandem a mercadoria para você. Não tem problema de logística e ainda tem o suporte do seu salário para dar segurança.”
 

Invista em e-commerce e controle a empresa do celular

“Hoje é muito mais barato ter uma estrutura, ter um comércio eletrônico, por exemplo. Aqui, o pessoal da Cielo tem vários serviços digitais, outras coisas além da maquininha. Você consegue colocar o seu produto no ar pagando bem menos que o aluguel de uma loja.
Outra forma super fácil de vender e testar seu produto é pelo WhatsApp. Lá, você cria grupos ou lista de transmissão. E quando você faz uma venda através do WhatsApp, você está fazendo comércio eletrônico, não tem diferença nenhuma. Na palma da sua mão, no celular, vira uma multinacional, e você pode vender para o mundo todo, com muita facilidade”, sugere Bruno.
“Quando comecei com meu negócio, vendia curso on-line numa época que só existia curso em DVD. Não havia nenhum serviço de pagamento como hoje, era tudo feito à mão, com boleto. Hoje, não. Você já consegue usar um Cielo Super Link, por exemplo. Você vende uma bolsa pelo WhatsApp, vai no sistema de pagamento da Cielo, e pronto, gera um link, cópia e envia para o grupo de WhatsApp, manda para a lista de transmissão e vende”, completa.
 

Aproveite a crise e faça seu negócio decolar

“A gente está passando por uma crise. A melhor hora de empreender é na crise. A pessoa surge com uma ideia diferente e faz muito mais sucesso que as ideias dentro da caixa.  Um exemplo para quem gosta de cozinhar, mas não quer abrir um restaurante é montar um food truck. Um trailer custa em torno de R$ 15 mil e ali você monta seu esquema com poucos funcionários, posta nas redes sociais onde você parou seu trailer e atinge muito mais gente indo em vários lugares”, pontua.
 
Se você ainda é um microempreendedor, a Cielo pode te ajudar a alavancar o seu negócio. Um exemplo disso é o caso de Douglas Vendramini, de 27 anos, um feirante do interior de São Paulo que inventou a Feira 2.0. Sua antiga barraca deu lugar a um trailer descolado, cheio de tecnologia.
 
Há dez anos assumiu a gestão da empresa, que começou com seu avô na década de 1980. Pensando em formas de ganhar dinheiro e não perder nenhuma venda, decidiu trabalhar com a Cielo. “As máquinas de cartão facilitam a vida do cliente e a nossa. Quase não precisamos mais mexer com dinheiro”, afirma Douglas. “Muitos colegas pedem a maquininha emprestada.”
 

O feirante dá cinco ideias para que o microempreendedor incremente seu negócio:  

 

1 – Use a tecnologia a seu favor

Para um microempreendedor, um dos principais dramas é administrar o fluxo de caixa enquanto cuida de outras áreas do estabelecimento, para isso o feirante conta com o auxílio do APP Cielo. “O site da Cielo é bem melhor que o das outras. Posso ver tudo pelo celular, com o aplicativo, ou em casa, na internet”, diz Douglas.
 

2 – Tenha dinheiro sempre à mão

Ver uma ideia avançar é uma das maiores conquistas dos empreendedores. Na maioria das vezes, porém, isso só acontece depois de receber algum investimento. Para quem já possui um negócio em funcionamento, o ideal é ter sempre um dinheiro reservado para aprimorá-lo. “Nosso fluxo intenso é no fim de semana. Com a Cielo, troquei a barraca por um trailer. “Conversei com meu pai, que tocava a barraca antes, e contei sobre minha ideia de projetar um trailer. Desenhei tudo e deu certo. A freguesia gosta bastante. É mais confortável e mais higiênico”, detalha o feirante.
 

4 – Mantenha o foco na experiência do cliente

Ninguém fica na fila do peixe na Pantanal Pescados. Douglas adotou um sistema de senhas para facilitar a vida da freguesia. “Eles pegam a senha, escolhem o peixe e podem continuar as compras na feira enquanto limpamos. Depois, é só vir retirar o produto”, assinala ele. Na hora de pagar, ninguém mais precisa contar trocados. “A máquina sem fio da Cielo facilitou muito. A bateria é boa, posso carregar a máquina para vários lugares e ajuda o consumidor na hora de pagar.”
 

5 – Pense a longo prazo

Com as vendas em alta e dinheiro na mão, empresas como a Pantanal Pescados já pensam em como deve se programar para um futuro próximo. “Estou projetando um trailer maior, com oito metros de comprimento. Minha barraca é a feira do futuro”, afirma Douglas.
 
Além das dicas de especialistas e empreendedores de sucesso, montamos um quadro de perguntas a serem respondidas por quem deseja iniciar sua vida empreendedora:
 

Perguntas para provocar o seu perfil empreendedor

1 – O que move você?

Não há resposta certa ou errada, mas você precisa ter um propósito. Pode ser o desejo  de inovar, de não ter chefes ou de apostar em uma causa. Não importa. O propósito dá fôlego ao seu negócio, é o valor que chega para seus clientes.
 

2 – Qual o diferencial da sua marca?

Seja um cliente ou um investidor, a regra é a mesma: eles vão apostar em você se conseguir colocar valor no que oferece. Por isso, seu produto ou serviço precisa ter um diferencial e ser uma oportunidade de negócios.
 

3 – Quais são suas metas?

Empreendedores precisam definir objetivos possíveis para, então, responder como os alcançarão. Onde você quer estar daqui a cinco, dez anos? Para o seu negócio chegar lá, você precisa fazer um plano de negócios detalhado e o planejamento financeiro da empresa.
 

4 – Quanto terá que investir?

Enumere todos os custos que você terá: locação de estabelecimento, equipe, contas fixas (como água e luz), capital de giro, taxa de franquia (se for o caso).
 

5 – Como vai se manter até seu negócio dar lucro?

Essa é uma das dificuldades que precisam estar mapeadas. Em geral, negócios começam a dar lucro em três anos. Como você vai se manter durante esse tempo? Se você tem um emprego, especialistas afirmam que a melhor saída é manter os dois trabalhos paralelamente, até o seu negócio decolar, uma vez que, para crescer, você precisa reinvestir o que ganhou.
 

6 – Como lida com riscos?

Não se engane, empreender é viver com incertezas. Você precisa se sentir confortável em situações assim, porque elas vão se repetir muitas vezes na sua trajetória.
 

7 – É disciplinado?

Aquela ideia que empreender é ter autonomia sobre sua agenda é verdade – em parte. De fato, você vai conseguir gerir seu tempo. Mas precisará trabalhar muito para o negócio dar certo e ter disciplina é essencial. Atrasos, faltas e ruídos na comunicação espantam clientes.
 

8 – Você é bom em tomar decisões?

Empreender significa fazer escolhas, sempre. Elas mudam ao longo da jornada – e naturalmente tornam-se mais complexas. Se a pessoa não se sentir confortável nesta posição, provavelmente terá problemas nos negócios.
 

9 – Que tipo de líder você quer ser?

Ser líder não significa ser chefe. Um líder inspira. E não existe um só modelo. Há líderes que são mão na massa, enquanto outros são mais questionadores. O importante é mapear seus pontos fortes e trabalhar os pontos fracos. Afinal, seus colaboradores e sua empresa são o seu reflexo.
 

10 – O que é sucesso para você?

O conceito de sucesso mudou. Se antes sucesso significava poder e dinheiro, hoje muitos empreendedores buscam, primeiro, negócios com propósito e sucesso dentro e fora do trabalho. As metas do seu negócio precisam ser coerentes com o sucesso que você almejar.
Empreender é estar constantemente respondendo questões – de funcionários, de fornecedores – e você precisa estar atento aos mínimos detalhes na hora de desenvolver o seu plano de negócios e o plano de contas.
Depois de responder a essas perguntas acima, aproveite para ler essa matéria em nosso blog sobre modelos de empreendimento, franquia e negócio próprio, e veja o que mais se adapta às suas necessidades.
 
Agora, você já sabe o que é empreendedorismo, e possui diversas dicas e histórias de casos reais de como ser um empreendedor de sucesso. A Cielo estará ao seu lado desde o início de sua história, te ajudando a alavancar o seu sonho de negócio e aprimorar o seu perfil empreendedor.

Matérias mais recentes

Cielo abre Programa de Formação para Consultores de Negócios Trainee exclusivo para PcDs

A Cielo está com inscrições abertas para seu primeiro Programa de Formação para Consultores de Negócios Trainee voltado exclusivamente a…

Publicado por Equipe Cielo

Com executiva da IBM, Garagem Talks promove bate-papo sobre a responsabilidade social das empresas tecnológicas

No dia 24/09, o Time Cielo participou de mais uma edição do Garagem Talks, nosso encontro quinzenal sobre tecnologia e…

Publicado por Equipe Cielo

Precisando investir mais na Black Friday? Contrate o Receba Rápido e tenha dinheiro na mão em até 2 dias!

Oficialmente, a Black Friday é só dia 26 de novembro, mas os preparativos já começaram. É hora de investir em…

Publicado por Equipe Cielo

Dia Nacional da Inovação: saiba mais sobre o Garagem, hub que faz da Cielo uma empresa cada vez mais inovadora!

Em 19 de outubro, comemoramos o Dia Nacional da Inovação. A data foi escolhida para relembrar o primeiro voo bem-sucedido…

Publicado por Equipe Cielo

ICVA aponta: vendas no varejo cresceram 0,6% em setembro

Este é o sexto mês seguido de alta, puxada pelos setores de Serviços.   O Índice Cielo do Varejo Ampliado…

Publicado por Equipe Cielo

Como vender mais oferecendo mais opções de pagamento

Para proporcionar uma ótima experiência de compra para seus clientes, é necessário considerar vários aspectos como: atendimento, suporte pós-vendas, qualidade…

Publicado por Equipe Cielo
Ver mais matérias

Portfólio de Soluções! Encontre a que melhor combina com você.

Portfolio de soluções encontre a sua.

Cielo LIO

A máquina inteligente que trabalha por você e economiza seu dinheiro.
Saiba mais
Portfolio de soluções encontre a sua.

Cielo FLASH

A maquininha ultraveloz para você vender muito mais
Saiba mais
Portfolio de soluções encontre a sua.

Cielo ZIP

Na Cielo Você ganha! sua maquininha de verdade.
Saiba mais

Entre em contato e prepare-se para vender mais:

Central de Relacionamento

4002-5472 (todas as localidades)
0800-579-8472 (exceto capitais)

Suporte Técnico

4002-9111 (todas as localidades)
0800-579-0111 (exceto capitais)

Ouvidoria

0800-570-2288