Você está em:

Dicas e Histórias de Sucesso

Como montar uma loja de produtos naturais?

Quer saber como montar uma loja de produtos naturais? Entenda os passos, o que precisa, o que vender, quanto custa e como escolher um nome.
Publicado por Equipe Cielo

Empreendedora de loja de produtos naturais apresentando produtos para o cliente

Saber como montar uma loja de produtos naturais pode ser uma ótima maneira de começar a empreender. 

Para isso, é preciso realizar uma série de procedimentos que podem parecer complicados, mas não desanime. 

Neste artigo, vamos explicar quais são os passos necessários para você saber como montar uma loja e começar a vender. 

Acompanhe! 

Como montar uma loja de produtos naturais em 6 passos

Para saber como montar uma loja de produtos naturais, é preciso atuar em várias frentes. 

Veja agora os seis itens essenciais para começar a vender.

1. Faça um planejamento

Você pode até abrir sua empresa com pouco dinheiro, desde que saiba planejar bem. 

O primeiro passo para começar a montar o seu negócio é realizar um planejamento completo, para garantir que não vai faltar nada. 

Leve em conta todos os gastos, para saber de quanto vai precisar. 

Também é preciso conhecer o seu público, ou seja, as pessoas que vão comprar com você, e seus concorrentes. 

Faça levantamentos e pesquisas e coloque tudo no papel para ficar fácil de saber o que fazer.  

2. Escolha o seu formato e local

Esta etapa da abertura da sua empresa é decisiva para o sucesso. 

Afinal, se você decidir trabalhar em uma sede física, é preciso ter um lugar que chame bastante clientes. 

Pode ser uma área perto de um parque esportivo, para vender sucos naturais, ou uma região movimentada, mas que ainda não tenha uma opção para o público fitness. 

Enfim, o importante é identificar onde há demanda. 

Outras alternativas são trabalhar apenas com entregas para ganhar dinheiro em casa, anunciando em um aplicativo de delivery ou em um marketplace.

3. Formalize sua empresa

Depois que você tem seu planejamento pronto e sabe onde vai trabalhar, é hora de abrir oficialmente a sua empresa. 

Esse passo pode ser bem simples ou um pouco mais complicado, dependendo de como vai ser o seu negócio. 

Se você for iniciante, não tiver uma grande estrutura e trabalhar sozinho ou com no máximo  um funcionário, ser Microempreendedor Individual (MEI) é uma alternativa. 

Nesse caso, você pode abrir seu negócio facilmente no Portal do Empreendedor e fazer o registro na prefeitura da sua cidade. 

Assim, porém, o seu faturamento não pode passar de R$ 81 mil no ano. 

Outras opções, caso você esteja pensando em um negócio maior, são abrir uma Microempresa (ME) ou uma Empresa de Pequeno Porte (EPP). 

Nesses casos, você vai precisar do auxílio de um contador para superar a parte burocrática. 

Além disso, verifique todas as licenças exigidas pelo seu estado e seu município para abrir o seu negócio.

4. Escolha seus preços

Para ter bons resultados, é preciso saber precificar os seus produtos. 

Afinal, você precisa garantir uma boa margem de lucro, mas sem abrir mão da competitividade – ou seja, sua capacidade de cobrar um valor mais atrativo em relação aos seus concorrentes. 

Nessas horas, é importante saber bem tudo o que você vai gastar para preparar seus produtos. 

Além dos ingredientes, pense também nos materiais das embalagens, os equipamentos e até seus gastos com luz e água. 

Some tudo e, em cima do resultado, defina o quanto você vai lucrar por venda. 

Fique de olho nos seus concorrentes e faça um esforço para que seu preço não seja mais alto.

5. Defina seu diferencial

Nem pense em abrir sua loja de produtos naturais sem ter um diferencial competitivo. 

Pesquise seus concorrentes para conhecer seus pontos fortes e fracos para analisar em qual ponto você pode se sobressair. 

Também pesquise as preferências do público para descobrir como agradar a clientela como seus competidores não fazem.

6. Divulgue seu negócio

Pronto, você cumpriu todos os passos acima e está pronto para abrir as portas – ou receber pedidos. 

Agora, é hora de divulgar sua empresa para atrair os consumidores. 

Usar as redes sociais nessa hora é cada vez mais importante, portanto, invista em boas fotos dos seus produtos e responda todos os seus comentários. 

Você também pode criar algumas promoções de lançamento e fazer parcerias com empresas de outros setores para que os dois ganhem novos clientes. 

E mesmo se você trabalhar em sede física, também vale a pena vender pela internet para aumentar sua base de clientes. 

O que precisa para abrir uma loja de produtos naturais?

Ter como montar uma loja de produtos naturais não é uma tarefa simples, pois você vai precisar de uma estrutura inicial. 

Em primeiro lugar, é preciso se certificar de que vai contar com espaço suficiente para operar. 

O local onde você vai fazer seus atendimentos precisa ter uma boa decoração e bastante prateleiras, para você oferecer uma boa variedade de produtos. 

E mesmo se você optar por não trabalhar com vendas presenciais, é preciso reservar uma área para o estoque. 

Além disso, não podem faltar recipientes para armazenar os produtos e colheres para vendas a granel. 

Também é importante pensar nos equipamentos de venda, como balança e computador para o caixa, e de segurança, como câmeras de vigilância e grades. 

Lista de produtos para loja de produtos naturais

Depois de pensar em como montar uma loja de produtos naturais, é hora de escolher os itens a serem vendidos. 

Antes de mais nada, é importante contar com coisas básicas, que muitas pessoas procuram neste tipo de loja. 

Veja alguns exemplos: 

  • Azeite de oliva extravirgem 
  • Ervas e especiarias secas a granel 
  • Farinhas alternativas, como a de linhaça e grão-de-bico 
  • Leite de amêndoas 
  • Manteiga ghee 
  • Mel orgânico 
  • Oleaginosas, como castanha de caju, castanha-do-pará e nozes 
  • Óleo de coco extra virgem 
  • Sal marinho não refinado
  • Vinagre de maçã. 

Outros itens procurados são os chás e temperos: 

  • Alho e cebola desidratados 
  • Caldos de legumes ou ervas naturais 
  • Chás a granel 
  • Molhos sem aditivos químicos 
  • Pimentas secas ou em pó 
  • Temperos diversos 
  • Extratos de baunilha e outros sabores naturais. 

Outros tipos de produtos que podem ser vendidos na sua loja são: 

  • Suplementos alimentares e vitaminas 
  • Iogurtes, biscoitos integrais, flocos de milho e outros itens para lanche 
  • Adoçantes e outros itens alternativos ao açúcar. 

Com essas sugestões, você já tem uma boa base para começar suas operações. 

Quanto custa abrir uma loja de produtos naturais?

Para ter como montar uma loja de produtos naturais, é preciso fazer um investimento e esperar alguns meses até começar a ter retorno. 

O valor investido pode variar dependendo do tamanho da sua empresa e do formato com que você vai trabalhar. 

Segundo uma estimativa do Sebrae, pode ser necessário um investimento em torno de R$ 50 mil para começar a trabalhar em um espaço de aproximadamente 60 m². 

Além dos gastos com o espaço, os equipamentos e o estoque, o cálculo considera um capital de giro para dois meses. 

Se você não tiver esse dinheiro, monte uma loja virtual para vender alguns produtos para começar e depois invista em melhorias. 

Escolhendo um nome para loja de produtos naturais 

Ao longo do planejamento de como montar uma loja de produtos naturais, chega a hora de escolher um nome para a sua empresa. 

Nessa hora, seu planejamento vai ajudar a escolher uma razão social que chame a atenção do público que você quer atingir. 

Além disso, faça uma busca por marcas registradas no site do Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI) para saber se já existe alguma empresa da sua categoria com o nome que você quer escolher. 

Para evitar repetições, tenha criatividade. 

Você pode fazer algum trocadilho com o nome da sua cidade ou do bairro onde você vai abrir seu negócio. 

Fidelize os clientes da sua loja de produtos naturais

Até aqui, vimos como montar uma loja de produtos naturais e começar a vender. 

Porém, para ter bons resultados, é importante fidelizar seus clientes, para que eles sigam comprando no seu negócio. 

Para isso, é preciso garantir um ótimo atendimento desde o início do contato. 

Atenda todo o público que visitar o seu espaço com atenção e simpatia, sem abrir mão da agilidade na hora de servir e pesar os produtos para vender. 

Se você trabalha com vendas pela internet, responda rapidamente a todas as dúvidas dos clientes e envie os produtos embalados com capricho. 

Se possível, acrescente um brinde. 

Além disso, é importante garantir uma cobrança tranquila, que possibilite ao cliente pagar da forma como quiser. 

Você pode fazer isso com as soluções da Cielo – sejam as maquininhas de cartão para negócios presenciais ou o link de pagamento para vendas online, que podem ser feitas direto pelo WhatsApp ou pelas redes sociais 

Veja como podemos ajudar o seu negócio!


Portfólio de Soluções! Encontre a que melhor combina com você.

Portfolio de soluções encontre a sua.

Cielo LIO

A máquina inteligente que trabalha por você e economiza seu dinheiro.
Saiba mais
Portfolio de soluções encontre a sua.

Cielo FLASH

A maquininha ultraveloz para você vender muito mais
Saiba mais
Portfolio de soluções encontre a sua.

Cielo ZIP

Na Cielo Você ganha! sua maquininha de verdade.
Saiba mais

Entre em contato e prepare-se para vender mais:

Central de Relacionamento

4002-5472 (todas as localidades)
0800-579-8472 (exceto capitais)

Suporte Técnico

4002-9111 (todas as localidades)
0800-579-0111 (exceto capitais)

Ouvidoria

0800-570-2288