Você está em:

Produtos e Serviços

Você sabe o que é controle de vendas? Entenda para que serve, os benefícios, os diferentes tipos e como fazer com sucesso?

Você sabe o que é controle de vendas? Entenda para que serve, os benefícios, os diferentes tipos e como fazer com sucesso.
Publicado por Equipe Cielo

Empreendedor, em um computador, fazendo o seu controle de vendas em seu e-commerce. Ilustrações de carrinhos de compra aparecem ao redor do notebook.

Você sabe o que é controle de vendas? Entenda para que serve, os benefícios, os diferentes tipos e como fazer com sucesso.

Entender o que é controle de vendas é mais do que um diferencial para uma empresa: é uma necessidade!

Afinal, sem esta importante ferramenta, até vender em condomínio fica bem mais difícil.

Com ela, é possível fazer seu negócio crescer, evitando complicações e melhorando resultados.

Para entender melhor o que é controle de vendas, saber para que serve e como fazer, leia o texto até o final!

O que é controle de vendas?

Controle de vendas é o monitoramento de diversos aspectos relacionados à comercialização de produtos ou serviços.

O processo consiste em documentar todas as etapas da atividade comercial, desde a prospecção e a captação de clientes até o pós-venda.

Para esclarecer o que é controle de vendas, é preciso conhecer os principais pontos:

  • Controle financeiro: é a documentação de todos os valores que entram e saem do caixa
  • Controle de estoque: é o monitoramento de todos os itens arquivados com regularidade
  • Emissão de notas fiscais: é o agrupamento de todos os documentos para registrar as vendas e simplificar a análise de dados tributários
  • Diversificação de formas de pagamento: é a oferta de diferentes alternativas de cobrança e o registro do volume de transações feitas com cada método
  • Relacionamento com consumidores: é a coleta de todos os dados relacionados à clientes para aprimorar o atendimento e criar estratégias de marketing direcionado.

Qual é a importância de fazer o controle de vendas?

Ao entender o que é controle de vendas e qual é sua finalidade, uma empresa pode melhorar processos e evitar falhas ou até complicações de ordem tributária.

Afinal, em qualquer área de atuação, o registro das atividades é necessário para que se entenda o que está dando certo e quais são os pontos a melhorar.

Quando falamos sobre comércio, esse acompanhamento é ainda mais importante, pois são muitos dados envolvidos.

E a sustentabilidade do negócio depende de um bom gerenciamento.

Imagine, por exemplo, que você realiza uma campanha para divulgar comida no Instagram.

Sem o controle de vendas, fica mais difícil saber se ela foi mais ou menos eficiente do que suas outras ações para divulgar produtos na internet.

Essa é apenas uma das vantagens.

Continue lendo e veja o que sua empresa tem a ganhar ao saber o que é controle de vendas.

Quais são os benefícios do controle de vendas?

Entender o que é controle de vendas e saber como implementar pode ajudar sua empresa de várias formas.

Confira os principais benefícios:

  • Facilita a gestão financeira: com os dados de suas transações, fica mais fácil controlar as finanças, o que é essencial para o crescimento do negócio
  • Evita complicações tributárias: o controle de vendas ajuda a pagar os impostos corretamente e evitar o descumprimento de normas fiscais, algo que poderia gerar muita complicação
  • Facilita o fluxo de caixa: o controle financeiro e do estoque torna essa tarefa mais fácil, otimizando a produtividade
  • Melhora o desempenho: os dados coletados podem gerar insights que embasam tomadas de decisão benéficas para o negócio, como a melhor forma de colocar preço em um produto
  • Melhora o relacionamento com os clientes: ao monitorar dados de clientes, é possível saber como agradá-los.

Os 3 tipos de controle de vendas?

Para entender na prática o que é controle de vendas, é importante conhecer as três maneiras como ele pode ser feito.

Controle de vendas manual

Esse é o formato mais tradicional, em que os dados são lançados em um caderno, uma folha de papel ou até um documento no computador.

O controle pode ser semanal, quinzenal ou até bimestral e semestral, dependendo das características da empresa.

É um formato trabalhoso, e qualquer distração pode comprometer todo o monitoramento.

Controle de vendas por planilhas

Neste formato, os dados também são inseridos manualmente, mas em uma planilha em softwares como Microsoft Excel e Google Drive.

Por meio de fórmulas, é possível automatizar alguns cálculos, reduzindo o risco de falhas e agilizando o processo.

Embora seja um método mais seguro, não exclui riscos de falha humana e ainda exige bastante atenção por parte da equipe.

Controle de vendas com sistema de gestão

A partir de um sistema de gestão, é possível automatizar a gestão de vários dados.

Isso torna seus processos muito mais ágeis, aumentando a produtividade da equipe financeira e reduzindo a quase zero a possibilidade de erros de digitação.

Além disso, uma boa ferramenta conta com meios de garantir a segurança dos dados.

Como fazer um bom controle de vendas?

Agora que você sabe o que é controle de vendas, confira algumas dicas para não errar no seu negócio.

Documente todas as vendas

Não tem como fazer o controle de vendas sem documentar cada transação.

Mas não basta simplesmente anotar o valor.

Para um acompanhamento completo, é preciso inserir todos os dados relevantes para o negócio.

Alguns exemplos importantes são:

  • Valor gasto
  • Forma de pagamento usada
  • Região onde mora cada cliente
  • Dados de contato, caso haja autorização
  • Faixa etária
  • Profissão
  • Renda média
  • Estado civil e dados familiares.

Estabeleça indicadores e metas

Antes de anotar valores, é preciso definir os indicadores usados para mensurar os seus resultados.

Alguns exemplos de indicadores são:

  • Faturamento
  • Margem de lucro bruto
  • Ticket médio
  • Índice de retenção
  • Taxa de conversão
  • Retorno Sobre o Investimento (ROI).

Eles servirão como base para você compreender a realidade da empresa e, a partir dela, determinar metas a serem cumpridas.

Mapeie a jornada dos clientes

Acompanhar a jornada dos clientes é importante para direcionar ações de divulgação e relacionamento de acordo com a etapa em que cada consumidor está.

Para isso, é preciso entender onde as seguintes etapas do funil de vendas:

  • Aprendizado: é preciso educar o público sobre como sua solução pode resolver alguma dor
  • Reconhecimento: os clientes percebem que têm uma necessidade, então é preciso educar sobre como é possível solucionar
  • Consideração: os consumidores já sabem o que querem e estão pesquisando as melhores opções
  • Decisão: a venda é realizada.

Treine a sua equipe

O treinamento é necessário para que toda a equipe entenda e padronize as ações do controle de vendas.

Caso contrário, a diferença entre entendimentos dos colaboradores pode gerar distorções no acompanhamento dos dados.

Além disso, investir em cursos, oficinas e outros meios de qualificação é uma forma de valorizar os funcionários e garantir que eles fiquem por dentro das tendências atuais do mercado.

Incentive a fidelização dos clientes

A fidelização é um ponto importante no controle de vendas porque aqueles consumidores que gastam de forma recorrente aumentam a previsibilidade de receitas.

Uma forma de estimular esse comportamento é oferecer promoções e vantagens em troca da fidelidade, como brindes, descontos e até a gratuidade em alguns casos.

Um bom exemplo disso é uma ação clássica de marketing para barbearia: realizar um corte de cabelo grátis a cada 10 visitas ao estabelecimento.

Escolha bons fornecedores

Pesquisar os melhores fornecedores é um passo importante de maneira geral, para garantir os melhores preços por produtos ou insumos de qualidade.

Além desses fatores, é preciso confiar nas entregas em dia para evitar problemas na logística.

Quando você encontrar fornecedores, proponha parcerias para obter vantagens em troca da recorrência – da mesma forma como você fideliza seus clientes.

Monitore o estoque regularmente

Para manter o estoque sob controle, é importante realizar inventários regularmente.

Em outras palavras, isso significa contar os itens para verificar se o número está de acordo com os registros, e corrigir eventuais distorções.

Essa prática ajuda a apontar os melhores momentos para fazer o abastecimento, evitando problemas de logística e gastos desnecessários.

Conheça o app Cielo Gestão

Até aqui, mostramos o que é controle de vendas, seus benefícios e como realizar.

Como você deve ter percebido, deixar de automatizar os processos pode causar muita dor de cabeça.

Por isso, você pode evitar muitos problemas usando o aplicativo Cielo Gestão conectado às suas soluções de cobrança da Cielo.

Com ele, é possível fazer o controle de vendas direto no seu celular, com os dados sendo atualizados automaticamente três segundos após cada transação.

Além de acompanhar as vendas presenciais e online, o app realiza mais de 25 autosserviços como solicitar bobina ou suporte.

Esta é mais uma vantagem de contar com as soluções da Cielo, seja para cobranças online ou presenciais com maquininhas equipadas com a tecnologia NFC.

Faça agora o download do Cielo Gestão para Android ou iOS!


Portfólio de Soluções! Encontre a que melhor combina com você.

Portfolio de soluções encontre a sua.

Cielo LIO

A máquina inteligente que trabalha por você e economiza seu dinheiro.
Saiba mais
Portfolio de soluções encontre a sua.

Cielo FLASH

A maquininha ultraveloz para você vender muito mais
Saiba mais
Portfolio de soluções encontre a sua.

Cielo ZIP

Na Cielo Você ganha! sua maquininha de verdade.
Saiba mais

Entre em contato e prepare-se para vender mais:

Central de Relacionamento

4002-5472 (todas as localidades)
0800-579-8472 (exceto capitais)

Suporte Técnico

4002-9111 (todas as localidades)
0800-579-0111 (exceto capitais)

Ouvidoria

0800-570-2288