Você está em:

Produtos e Serviços

Vantagens de ter uma maquininha de cartão que não precisa de celular

Você conhece as vantagens de ter uma maquininha de cartão que não precisa de celular? Veja como funciona e benefícios para seu negócio.
Publicado por Equipe Cielo

Empreendedor sorridente negro faz pagamento por aproximação de cliente em máquina que não precisa de celular.

Ter uma máquina de cartão com chip é uma facilidade enorme.

Ela permite ao seu negócio atingir mais clientes e faturar mais, já que traz flexibilidade na hora da cobrança.

Se o cliente quiser pagar no crédito ou no débito, à vista ou parcelado, não importa: é com esse tipo de maquininha que você vai viabilizar a venda.

E por não depender do celular para funcionar, tem ainda mais vantagens.

Acompanhe este texto até o final para ficar por dentro de todas elas!

Vale a pena ter uma máquina de cartão?

Sim, vale muito a pena ter uma máquina de cartão.

Uma pesquisa da Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas (CNDL) indica que o cartão de crédito é usado por 57% dos brasileiros.

O cartão de débito está ainda mais alto no ranking, com 66% de entrada entre o público em geral.

Ou seja, quem não aceita cartão corre o risco de perder vendas para dois terços da população.

Acima do crédito e do débito na lista, só o dinheiro (71%) e o Pix (70%), com seu crescimento aceleradíssimo.

E aí está um detalhe: além do débito e crédito, a máquina de cartão também habilita o pagamento por Pix – inclusive com o QR Code, mencionado por 18% das pessoas como uma de suas preferências na hora de fazer pagamento.

A vantagem de usar a máquina para receber pelo Pix é a confirmação do pagamento na hora, com o valor correto, sem necessidade de mandar a chave Pix, pedir envio de comprovante de transferência, conferir o valor, etc.

Voltando a falar do crédito, além de já ser tradicionalmente preferido por uma parcela considerável da população, seu uso está subindo.

Um levantamento mais recente da Associação Brasileira das Empresas de Cartão de Crédito (Abecs) indicou que os pagamentos com cartão de crédito cresceram 42% no primeiro trimestre de 2022, em relação ao mesmo período do ano anterior.

Estamos falando de R$ 478,5 bilhões movimentados em 90 dias.

O cartão de débito também aumentou 15,2%, chegando a R$ 235,4 bilhões, e os cartões pré-pagos subiram 148,4%, girando R$ 44,6 bilhões.

Ou seja, hoje em dia, não dá nem para pensar em não ter maquininha e não aceitar cartão.

Como funcionam as máquinas de cartão com chip?

Agora que já está bem clara a importância da forma de pagamento, vamos ver como funciona o tipo de maquininha de cartão que não precisa de celular.

Basicamente, a função de toda máquina é conectar os agentes envolvidos no processo: o portador do cartão (cliente), a loja, e a bandeira do cartão (no caso do crédito) ou banco emissor (no caso do débito), que autorizam ou não a transação.

Esse meio de campo é o trabalho da adquirente, como chamamos as empresas como a Cielo, que providenciam a máquina.

A conexão é feita pela internet e, hoje em dia, as máquinas podem funcionar com fio, conectadas a um computador, ou sem fio, no wi-fi, etc.

Já as máquinas que têm chip podem usar uma conexão de internet móvel própria.

Com seu chip de dados, podem se conectar à rede 2G, 3G, 4G e até 5G, que já começou a ser implantada em algumas capitais do Brasil.

Por isso, é muito importante atentar para a operadora de telefonia escolhida, sua disponibilidade de sinal e os planos oferecidos.

Por que ter uma maquininha de cartão que não precisa de celular?

Agora que já conhecemos a importância da máquina de cartão e como funciona o modelo com chip, vamos ver uma série de vantagens da maquininha que não precisa de celular.

Aumento das vendas

Se você está sempre procurando por formas de aumentar suas vendas, aqui está uma medida muito simples.

Como dito antes, o brasileiro gosta muito de comprar no cartão de crédito.

Uma pesquisa do Sebrae com micro e pequenas empresas constatou que as maquininhas de cartão (de todos os tipos) impulsionaram as vendas de 57% destes negócios.

E olha que estamos falando de um levantamento de 2017.

De lá para cá, os números que mostramos no primeiro tópico deixam claro que o cartão de crédito não para de crescer.

No caso da maquininha que não precisa de celular, há ainda mais potencial de aumento nas vendas, porque você não depende de um local com wi-fi, por exemplo, e pode ir até onde o cliente está.

Maior segurança para todos

Menos dinheiro vivo circulando é mais segurança para todos os envolvidos.

É ótimo para qualquer tipo de transação, mas especialmente para aquelas que envolvem entregadores delivery ou venda ambulante na rua.

Com uma maquininha de cartão com chip, nem celular o vendedor precisa levar se não quiser.

A máquina é completamente autônoma e resolve toda a questão do pagamento – e também do recebimento dos valores, ajudando até mesmo na gestão financeira do negócio.

Garantia de recebimento

Chega de calote!

Se você passa por dificuldades para cobrar seus clientes, entende a importância desse ponto.

Com uma maquininha autônoma, não há necessidade de “pendurar a conta”, caso o cliente não tenha dinheiro no momento.

As vendas por cartão têm recebimento garantido, o que dificulta também as fraudes por parte de pessoas mal-intencionadas.

Mesmo que o cliente atrase ou não pague a fatura do cartão depois, isso não é mais problema seu: você receberá o valor das vendas normalmente.

Facilidade para o consumidor

A maquininha de cartão que não precisa de celular também representa uma facilidade para o consumidor.

Afinal, mesmo que ele não tenha nenhuma intenção de “dar calote”, como a situação que citamos no item anterior, será um contratempo não poder comprar algo por não ter dinheiro vivo em mãos.

Isso se resolve com a maquininha autônoma, principalmente se for uma que suporta a tecnologia contactless, ou seja, sem contato, por aproximação.

Nesse caso, o cliente pode pagar até mesmo sem ter o cartão em mãos, usando qualquer dispositivo com NFC, como um smartphone ou smartwatch.

Ajuda na retenção e fidelização de clientes

Com uma maquininha que vai a toda parte, o seu cliente poderá contar com os seus produtos e serviços a qualquer hora e em qualquer lugar.

Isso serve para os mais variados negócios, desde água de coco na beira da praia até entrega de gás em casa, passando por vendas de roupas, sapateiro, assistência em informática, enfim.

Com a mobilidade da máquina com chip, você tem muito mais chance de conseguir fidelizá-los, o que é algo extremamente importante para os seus resultados.

Afinal, os gurus do marketing garantem que conquistar um cliente novo custa cinco vezes mais caro do que manter um antigo.

Elimina problemas com troco e notas falsas

Receber aquela nota de R$ 100 para vender um produto de R$ 10,90, por exemplo, não é uma experiência cômoda para nenhum tipo de comércio.

Com a maquininha autônoma, as suas preocupações com o troco diminuem bastante.

Sem contar a falsificação, que ainda é um problema no Brasil.

Desde o início da pandemia, em diversas operações, a Polícia Federal fechou 24 laboratórios de produção de notas falsas.

Ajuda a controlar as vendas

Diferentemente dos bolinhos de dinheiro amassados e das anotações em papel de pão, a maquininha de cartão que não precisa de celular dá um panorama profissional do seu negócio.

Elas registram cada venda, com todos os valores e formas de pagamento, para você controlar seu fluxo de caixa e datas de recebimento.

Uma máquina como a LIO, da Cielo, por exemplo, é uma frente de loja completa para ajudar a administrar melhor o seu negócio.

Funciona como um computador, impressora fiscal e código de barras – além de receber os pagamentos, é claro.

Dá para fechar o caixa com um clique, em vez de passar horas fazendo contas manualmente.

Ofereça parcelamento e eleve o ticket médio

Um dos indicadores mais importantes para a saúde financeira de um negócio é o ticket médio.

Quanto mais alto ele for, menor a quantidade de vendas que você precisa ter para aumentar o faturamento.

Para isso, é importante oferecer o parcelamento.

Afinal, isso aumenta o poder de compra dos seus clientes, que podem precisar dividir o pagamento em várias vezes para conseguir adquirir produtos de valor maior.

Se você não aceitar parcelar, eles vão comprar em outro lugar.

O mais legal é que, com a Cielo, você pode vender parcelado e receber à vista.

E a transação pode ser feita de qualquer lugar, com apenas alguns cliques na máquina de cartão que não precisa de celular.

Invista em mobilidade e fidelize o seu cliente

Como vimos ao longo deste texto, a mobilidade é uma vantagem enorme para negócios de qualquer porte.

Invista no seu negócio e fidelize seus clientes adquirindo uma maquininha de cartão que não precisa de celular.

É o caso da Cielo ZIP, que tem uma bateria de longa duração, funciona com 3G e wi-fi, e aceita cartão com tarja, chip e NFC (aproximação).

Se você quiser mais de uma maquininha, experimente o Cielo Unifica, que administra todas de uma forma prática e profissional.

Enfim, são muitas soluções de pagamento e, com certeza, uma delas é exatamente a que o seu negócio precisa.

Venha para a Cielo e fature muito mais!


Portfólio de Soluções! Encontre a que melhor combina com você.

Portfolio de soluções encontre a sua.

Cielo LIO

A máquina inteligente que trabalha por você e economiza seu dinheiro.
Saiba mais
Portfolio de soluções encontre a sua.

Cielo FLASH

A maquininha ultraveloz para você vender muito mais
Saiba mais
Portfolio de soluções encontre a sua.

Cielo ZIP

Na Cielo Você ganha! sua maquininha de verdade.
Saiba mais

Entre em contato e prepare-se para vender mais:

Central de Relacionamento

4002-5472 (todas as localidades)
0800-579-8472 (exceto capitais)

Suporte Técnico

4002-9111 (todas as localidades)
0800-579-0111 (exceto capitais)

Ouvidoria

0800-570-2288