Você está em:

Dicas e Histórias de Sucesso

Como tirar fotos de roupas para vender e encantar clientes

Saber como tirar fotos de roupas para vender é um dos principais recursos para quem quer impressionar os clientes da sua loja virtual – e, consequentemente, fazer mais negócios!Afinal, se tem um segmento onde o ditado “uma imagem vale mais do que mil palavras” faz muito sentido, é o de venda de roupas. Se nas lojas físicas, o que conta é o visual da vitrine e a arrumação das roupas, no e-commerce a qualidade das fotos faz ainda mais diferença.Neste post, vamos falar sobre como fotografar roupas para venda, trazendo dicas e sugestões para sua sessão de fotos.
Publicado por Equipe Cielo

Por que as imagens são importantes para as vendas da sua loja de roupas Por que as imagens são importantes para as vendas da sua loja de roupas

A fotografia de produto é usada com objetivo de mostrar um item aos seus consumidores, destacando suas características e deixando-o bem atrativo para incentivar a compra.

Isso é ainda mais importante para quem vende roupas pela internet. Por não poder experimentar ou manusear os produtos, as fotos são um recurso essencial para que seus clientes possam ver todos os detalhes que desejam no momento em que estão escolhendo uma peça.

Assim, uma imagem que privilegie os detalhes das roupas ajuda a aumentar as vendas no e-commerce. Fatores como a iluminação, o ângulo e o fundo também devem ser considerados.

Afinal, ter boas imagens dos seus produtos pode fazer a diferença entre gerar uma venda ou ter um abandono de carrinho na sua loja virtual. É o que mostra uma pesquisa realizada pela Lett, empresa especializada em Trade Marketing Digital.

Segundo o levantamento, produtos que têm três ou mais imagens possuem uma taxa de conversão de 19,5% maior do que produtos com uma única imagem.

Já no EQI (E-commerce Quality Index), estudo realizado pela mesma empresa com a finalidade de avaliar a qualidade do e-commerce no Brasil, os dados indicam que cada produto deve ter mais de duas imagens para oferecer uma boa experiência de compra.

No entanto, apenas 34% do comércio eletrônico oferece a quantidade adequada de imagens – ou seja: 66% das lojas virtuais não exploram esse recurso como deveriam.

Outras estatísticas reforçam a importância de ter boas fotos dos seus produtos no seu e-commerce:

  • Mais de 85% dos entrevistados privilegiam mais as fotos do que o texto ao comprarem roupas em lojas online;
  • 59% dos consumidores, principalmente os mais jovens, acham que a informação visual é melhor do que a informação textual;
  • No geral, pelo menos 50% dos entrevistados preferem imagens em todas as categorias das lojas virtuais, exceto eletrônicos, utensílios domésticos e alguns tipos de bebida (como o vinho e destilados, por exemplo).

Fonte: Intent Lab

Importância de usar imagens no site vai além das vendas

Quem quer vender online, também precisa saber que as imagens podem contribuir para que a loja virtual se posicione melhor nas buscas feitas na internet.

Isso ocorre porque, ao colocá-las em um site, elas podem ser otimizadas para auxiliar o trabalho de SEO (Search Engine Optimization) ou Otimização de Mecanismos de Busca, em tradução livre.

Um bom exemplo disso é nomear o arquivo das fotos usando o nome do produto e palavras-chaves relacionadas a ele.

Apesar de simples, essa medida faz com que as imagens sejam “lidas” por buscadores como o Google e, consequentemente, apareçam mais nos resultados de busca:

Como tirar fotos para vender

Outro bom motivo para ter boas imagens dos seus produtos é que elas ajudam seus clientes a permanecerem mais tempo no seu site. Esse indicador também é relevante para que sua loja virtual tenha mais reputação e apareça em posições melhores nas buscas dos usuários.

Dessa forma, as imagens:

  1. Ajudam a aumentar o tráfego do seu site;
  2. Melhoram a experiência de compra dos clientes;
  3. Aumentam as taxas de conversão, funcionando como “argumentos visuais” para a venda dos produtos;
  4. Complementam as informações de texto;
  5. Auxiliam a compreensão dos atributos dos produtos e a decisão de compra.

Por tudo isso, já está mais do que na hora de saber como tirar fotos de roupa para vender cada vez mais e se diferenciar dos seus concorrentes, não é mesmo?

Confira as dicas para planejar sua sessão de fotos de roupas

Antes de mais nada, vale reforçar: não existe uma “fórmula” única para saber como tirar fotos de roupas para vender e que atenda a todos os sites.

Buscar a diferenciação diante da concorrência e encontrar seu próprio estilo é essencial para chamar atenção dos clientes.

No entanto, há uma série de fatores que devem ser observados na hora de produzir imagens de roupas.

O ideal é contratar o serviço de um fotógrafo profissional para ter o melhor resultado. Mas, se você não tiver como fazer esse investimento, fique de olho nas dicas que listamos.

Busque a iluminação certa

Por definição, fotografia significa “desenhar com luz e contraste“, ou seja, é a “técnica de criação de imagens por meio de exposição luminosa”.

Assim, a primeira dica para tirar boas fotos das roupas que você deseja vender é garantir que o local onde as imagens serão produzidas tenha a iluminação adequada.

Luz em excesso ou pouca luz nas fotos podem afetar a percepção dos clientes, além de tornar as imagens menos atraentes. O ambiente de ter uma iluminação clara e uniforme, dando visibilidade para todos os detalhes das peças de roupa.

Separe o equipamento adequado

Como dissemos, o melhor caminho é contratar um fotógrafo profissional, que seja especializado em tirar fotos de produtos. Mas, se isso não for possível, vale investir em equipamentos básicos para tirar boas fotos de roupas.

Além da câmera, você vai precisar de luminária, tripés, cabos, um estande com fundo (preferencialmente, na cor branca, utilizada na maioria das imagens de produtos).

Na internet, você vai encontrar diversos kits com valor acessível e que trazem o mínimo necessário para quem deseja tirar fotos de roupas para vender.

O mais comum é o chamado softbox, composto por tripé de iluminação, um conjunto de lâmpadas e o próprio softbox (dispositivo fotográfico utilizado para gerar suavidade na iluminação, criando um efeito difuso).

A iluminação artificial permite que as fotos de roupa sejam feitas mesmo quando a luz natural não for adequada, garantindo também um padrão de qualidade que dá um ar profissional às fotografias.

Detalhes são importantes

Quando falamos de boas fotos de roupas, vale lembrar do famoso sucesso da MPB que diz que os detalhes pequenos são coisas muito grandes pra esquecer.

Mais do que uma vitrine, as imagens da sua loja virtual devem permitir que os clientes tenham uma ideia completa de cada peça.

Assim, além de fotos que exibam a roupa por inteiro, invista também em imagens de detalhes que mostrem os bolsos, botões, costuras, zíper, mangas etc. Quanto mais detalhes você mostrar, melhor será para seus consumidores visualizarem a roupa.

A ideia é permitir que eles vejam tudo como se estivessem com a roupa em mãos!

Se puder, busque ferramentas que permitam aos seus clientes darem um zoom (recurso que permite aproximar ou ampliar uma imagem). Explore ângulos diferentes, de forma que os detalhes sejam exibidos da melhor maneira possível.

Prepare as roupas para as fotos

Nunca é demais lembrar: antes de tirar fotos, prepare as roupas para deixá-las com uma ótima apresentação. As roupas devem estar bem passadas e com aspecto visual perfeito.

Evite peças que tenham qualquer imperfeição como linhas soltas, botões faltando, arremates de costura imperfeitos…

Além disso, não esqueça de preparar uma listagem com todas as peças que deverão ser fotografadas. Para facilitar, agrupe as roupas por categorias e anote a ordem em que as fotos devem ser tiradas.

Outra boa ideia é usar acessórios que incrementem o visual das roupas – mas não esqueça de fazer um texto mencionando que eles não estão incluídos na compra da peça, OK?

Defina o tipo de fotografia que será utilizado

As fotos de produtos também são conhecidas como fotografia still (redução do termo em inglês still life, utilizado para se referir ao tipo de imagens que retratam objetos inanimados, sem movimento).

Nesse tipo de trabalho, há três tipos que são os mais comuns para tirar de fotos de roupas e itens de vestuário: o flat lay, o manequim invisível e o cabide (vestuário preso/pendurado).

É importante saber um pouquinho sobre cada um deles e escolher o mais adequado para cada tipo de peça que será fotografada.

Flat lay

Flat lay, em tradução livre, quer dizer “postura plana” e se refere às fotografias que são feitas em uma superfície reta (como uma mesa, balcão ou até o chão).

Geralmente, mostram a peça de roupa dobrada e/ou aberta, disposta sobre a superfície plana escolhida. A foto é feita “de cima”, em um ângulo de 90 graus.

Muito comum em redes sociais como o Pinterest e o Instagram, esse tipo de foto costuma também utilizar uma combinação de peças, que compõem um “look” completo para determinado estilo de moda. Retratam as roupas como são, da mesma for como se o cliente as encontrasse em uma loja.

O flat lay é bastante utilizado para fotografar acessórios e roupas mais básicas, como camisetas, regatas, calças e meias. As fotos feitas assim são mais simples de executar, apesar de exigirem atenção aos detalhes

Manequim invisível

Manequim invisível é um tipo bastante utilizado para tirar fotos de roupas, mas exige mais técnica e trabalho de pré e pós-produção das imagens. Também chamada de “manequim fantasma”, esse tipo de fotografia simula o caimento da roupa no corpo de uma pessoa, tentando mostrar aos clientes como a roupa fica ao ser vestida.

Para isso, é necessário usar um manequim, que depois é apagado da foto em um processo de edição. Clipes e fitas crespes são muito usadas deixar as roupas com aparência perfeita nos manequins. No resultado final, apenas a roupa fica destacada (como se fosse vestida por alguém invisível).

É um tipo de foto bem adequada para roupas mais justas ou feitas com tecido elástico. Pela complexidade antes e depois da sessão de fotos, o ideal é que as fotografias de roupa com manequim invisível sejam feitas por profissionais.

Cabide

O nome desse tipo de fotografia still é intuitivo e já dá uma boa dica de como as fotos são feitas: para fazer o clique, as roupas são penduradas em um cabide.

É um jeito simples e despojado de fazer fotos de roupas para vender. Nas fotos tipo cabide, é possível também mostrar mais de uma peça de vestuário – o que pode ser bem útil para mostrar um mesmo tipo de peça que tenha variações de cores, por exemplo.

Em alguns casos, as peças de roupas são suspensas com fios de linha de pescar (que são transparentes e podem ser facilmente apagados das fotos). Isso dá às imagens um efeito flutuante, bem descolado e solto.

É o tipo de foto indicada para roupas feitas com tecidos leves e mais maleáveis, além de acessórios e adereços.

Contratar modelos também é uma boa opção

Além dos três tipos de fotografia still que citamos, há uma outra opção muito utilizada nas fotografias de roupas: contratar modelos para serem clicados vestindo as peças.

Neste caso, o ideal é investir não só no pagamento da pessoa que vai posar para as fotos, mas também contratar um estúdio e um fotógrafo profissional.

E atenção aos direitos de uso de imagem dos modelos, tá? Para evitar problemas, é válido ter um documento assinado, onde a pessoa contratada autorize/ceda o direito de uso de imagem nas fotos que serão utilizadas em sua loja virtual de roupas.

Há muitos modelos de contrato desse tipo disponíveis na internet. Vale pesquisar sobre o assunto.

Faça fotos pensando em seu público-alvo

Saber como tirar fotos de roupas para vender não se limita apenas aos cliques da máquina. Você precisa pensar no estilo do seu público-alvo e naquilo que sua marca quer passar.

Quem tem uma loja de roupas de surf precisa de um estilo de fotos bem diferente de quem tem uma loja que vende roupas sociais, por exemplo.

Pensar nisso faz parte da preparação para sua sessão de fotos. Mais do que mostrar suas roupas, as fotografias devem “contar uma história” aos seus clientes, passar uma imagem do estilo da sua loja… Você pode fazer isso usando elementos decorativos, acessórios ou variando os fundos.

Tirando fotos de roupas para o seu e-commerce

Agora é hora de colocar em prática tudo que foi planejado e preparado para tirar as fotos das roupas do seu e-commerce. Para isso, fique de olho no(a):

  1. Enquadramento: posicione as roupas de forma centralizada, onde elas possam ser vistas por inteiro. Ajuste a posição da câmera (vertical ou horizontal) para conseguir o melhor enquadramento, testando e fazendo cliques para ter boas opções. Se as fotos forem usadas não só na sua loja virtual, mas também em algum marketplace, verifique se este canal de vendas tem algum requisito que deve ser considerado nas imagens.
  2. Iluminação: sim, já falamos sobre isso. Mas a iluminação é a alma da boa foto. Todo cuidado é pouco em relação a isso para evitar sombras indesejadas ou que as roupas não apareçam adequadamente nas fotografias.
  3. Ângulos: explore ângulos diferentes, principalmente nas fotos de detalhes. Busque também mostrar as roupas arrumadas de formas diferentes no cenário das fotos.
  4. Variações: se um mesmo modelo de peça tiver variações de cores ou modelagens (feminina, masculina, infantil, plus size etc), tire fotos de cada uma delas. É importante fotografar todas opções para que os clientes se sintam seguros na tomada de decisão de compra.
  5. Imagem: valorize o seu produto, evitando que a foto tenha elementos de fundo, textos ou qualquer outro elemento que desvie a atenção do cliente para o que interessa: a peça de roupa que está na imagem.

E não esqueça: tire fotos em alta resolução (ou seja, com pelo menos 300 DPI) e dê preferência também ao formato JPG/JPEG.

Após tratar e redimensionar as fotos para o formato mais indicado para sua loja virtual, use um compressor de imagens para que elas fiquem bem leves e não afetem o carregamento das páginas do seu e-commerce.

Em sites como o TinyPNG e o Optimizilla é possível fazer isso gratuitamente, sem perda do resultado visual.

Para fechar, lembre-se também: um conteúdo vendedor engloba não só imagens, mas também boas informações sobre seus produtos.

Dessa forma, complemente as fotos com textos que descrevam os detalhes das roupas. Inclua tabela de medidas, descrevendo as dimensões para cada tamanho de peça, material em que a roupa é produzida, cores disponíveis etc.

Pense na sua própria experiência como cliente e no tipo de informações que você busca quando na hora de fechar a compra em uma loja virtual. Seus clientes são pessoas como você!

Dica bônus para sua loja de roupas

Agora que você já tem mais conhecimento de como tirar fotos de roupas para vender e vai deixar sua loja virtual incrível, vamos dar uma dica bônus para aumentar sua receita.

Você sabia que, no Brasil, a taxa média de abandono de carrinho de compras é de 61%?

E que a falta de transparência na página de checkout (finalização da compra) e de diferentes formas de pagamento estão entre as principais causas de desistência dos consumidores?

Com a Cielo, você tem as melhores soluções digitais para vender mais na sua loja virtual e contar com toda a segurança e tecnologia que só a líder em pagamentos eletrônicos no Brasil e na América Latina pode oferecer!

Faça como mais de 50% dos negócios online no país: use uma solução de e-commerce da Cielo e impulsione suas vendas!

Clique aqui e saiba mais!


Portfólio de Soluções! Encontre a que melhor combina com você.

Portfolio de soluções encontre a sua.

Cielo LIO

A máquina inteligente que trabalha por você e economiza seu dinheiro.
Saiba mais
Portfolio de soluções encontre a sua.

Cielo FLASH

A maquininha ultraveloz para você vender muito mais
Saiba mais
Portfolio de soluções encontre a sua.

Cielo ZIP

Na Cielo Você ganha! sua maquininha de verdade.
Saiba mais

Entre em contato e prepare-se para vender mais:

Central de Relacionamento

4002-5472 (todas as localidades)
0800-579-8472 (exceto capitais)

Suporte Técnico

4002-9111 (todas as localidades)
0800-579-0111 (exceto capitais)

Ouvidoria

0800-570-2288