Você está em:

Dicas e Histórias de Sucesso

O que vender no iFood? 8 ideias e dicas para faturar mais!

Quer saber o que vender no iFood? Veja 8 sugestões de alimentos, o que é preciso para entrar na plataforma e como aumentar as vendas.
Publicado por Equipe Cielo

Entrega de venda feita pelo iFood para mulher asiática sorridente.

Decidir o que vender no iFood é um passo importante para quem planeja começar a trabalhar com a plataforma.

Afinal, aplicativos de delivery têm facilitado muito a vida de empreendedores iniciantes.

Com toda essa facilidade, porém, surge também uma forte concorrência.

Por isso, é preciso tomar essa decisão com bastante cuidado.

Para ajudar, vamos dar 8 sugestões para te ajudar a escolher o que vender no iFood e mais algumas dicas para você se dar bem neste ramo.

O que vender no iFood? 8 sugestões para todos os gostos

Para decidir o que vender no iFood, é preciso evitar itens muito concorridos, mas sem deixar de lado as preferências dos consumidores.

Por isso, veja alguns itens que podem render bem:

1. Macarrão na chapa

Se você tiver uma chapa à disposição, esta é uma boa pedida.

Primeiro cozinhe o macarrão até ficar al dente, evitando que passe do ponto.

Depois, misture com outros ingredientes, como carnes, linguiça calabresa, bacon ou queijo.

Assim, a massa absorve o sabor dos outros ingredientes e fica mais prática para embalar, pois não tem molho.

2. Comida caseira congelada

Prepare um cardápio de comida caseira congelada para a semana e faça algumas variações para evitar repetições de pratos.

Existe uma demanda de pessoas que gostam de comer comida caseira e evitar produtos industrializados, mas não têm tempo de cozinhar sua própria comida.

Se você quiser, pode apostar também em alimentos fitness, com baixo teor de calorias e ingredientes naturais, para atrair um público mais preocupado com a saúde.

3. Panquecas

O preparo das massas de panqueca é fácil e rápido, e você pode oferecer uma grande variedade de receitas.

Basta cozinhar os molhos em grandes quantidades e deixar pronto para preparar o alimento quando houver pedidos.

Assim, você surpreende seus clientes com um alimento quentinho feito na hora.

4. Frango frito no balde

Pedaços de frango frito e empanado no balde ao estilo KFC também podem fazer sucesso.

Você pode comprar pedaços de frango à passarinho, preparar o empanamento com ovo batido e farinha e fritar a óleo.

Envie junto pequenos potes com molhos e condimentos para acompanhar.

5. Papinha para bebê

Você pode preparar as papinhas no liquidificador com frutas como pera, banana e manga, ou legumes como batata doce, cenoura e abobrinha.

Assim, é possível agradar muitos pais que buscam praticidade na alimentação dos filhos, porém evitam as papinhas industrializadas vendidas no mercado.

Prepare em grande quantidade e venda conforme a demanda.

6. Bolo de pote

Os doces também podem garantir boas vendas no iFood, e o bolo de pote é um exemplo prático e delicioso.

Existem várias opções de sabores, como morango, chocolate, brigadeiro, limão e abacaxi.

E você também pode usar a criatividade para criar receitas gourmet exclusivas.

7. Brownies

Brownies também são bons exemplos de doces com uma boa margem de lucro.

Você pode investir em sabores como creme de avelã, doce de leite e chocolate ou buscar um público mais segmentado com receitas sem lactose ou com baixos índices calóricos.

8. Bebidas

Se você não tem tempo ou disposição para preparar refeições e sobremesas, pode apostar também na revenda de bebidas.

Neste caso, é importante ter bons fornecedores para poder cobrar preços competitivos e conquistar clientes.

Além disso, se você trabalhar com bebidas alcoólicas, procure se adequar à legislação de seu estado e sempre peça a identidade de quem comprar, ou oriente os entregadores a fazerem isso.

O que mais vende no iFood?

Em 2022, estes foram os produtos mais vendidos pelo iFood, segundo dados da própria plataforma:

  1. Hambúrguer: 115,3 milhões
  2. Refrigerante: 67,4 milhões
  3. Sanduíche Wrap: 56,9 milhões
  4. Prato com carne: 51,5 milhões
  5. Prato com ave: 45,7 milhões
  6. Marmita: 39,7 milhões
  7. Açaí: 34,1 milhões
  8. Pizza: 31,7 milhões
  9. Massa: 30,6 milhões
  10. Sobremesa: 30 milhões

Alguns desses itens realmente podem vender bem, mas é importante ressaltar que nem sempre ser um dos mais vendidos significa que basta seguir essa receita.

Itens mais vendidos também são bastante concorridos.

Por isso, na hora de decidir o que vender no iFood, não basta simplesmente apostar em um destes itens.

Algumas opções são boas, mas é preciso ter criatividade para se sobressair em relação a seus concorrentes.

O que não pode vender no iFood?

Além de saber o que vender no iFood, também é importante saber o que não pode ser anunciado na plataforma.

Uma orientação da plataforma lista os seguintes itens proibidos:

  • Alimentos não permitidos pela legislação
  • Medicamentos não permitidos pela legislação
  • Qualquer tipo de arma ou munição
  • Bebidas alcoólicas para menores de 18 anos
  • Cigarros ou qualquer outro produto com tabaco ou nicotina
  • Drogas ilícitas
  • Materiais eróticos
  • Produtos com propaganda política
  • Produtos de origem ilegal
  • Itens que façam apologia à violência
  • Cursos digitais ou com conteúdo impresso

Como vender no iFood?

Depois que você decidir o que vender no iFood, ainda precisa cumprir alguns passos para poder começar a anunciar.

Os passos são os seguintes:

  • Faça um cadastro na plataforma, inserindo seus dados pessoais e profissionais.
  • Escolha entre o Plano Básico, que é mais simples, ou o Plano Entrega, mais completo.
  • Crie o seu perfil da loja, fazendo upload das imagens da sua marca, informando a descrição e estabelecendo um pedido mínimo.
  • Crie seu cardápio, organizando as categorias e inserindo uma descrição.
  • Informe se você será responsável pelo envio de seus produtos ou usará os serviços dos entregadores parceiros da plataforma.

O que precisa para vender no iFood?

Para vender no iFood, você precisa ter uma empresa constituída com CNPJ.

Porém, essa regra tem exceções: em 300 cidades brasileiras, é possível vender apenas com um CPF regularizado.

Para saber se seu município é um deles, digite seu CEP na página de cadastro e confira se vai aparecer a opção “Cadastro com CPF”.

Para os demais casos, a plataforma permite o cadastro de Microempreendedores Individuais (MEI), a forma mais simples e barata de abrir um negócio.

No caso do iFood, o ideal é que o código da Classificação Nacional de Atividades Econômicas (CNAE) seja o 5620-1/04 – Fornecedor de Alimentos Preparados Preponderantemente para Consumo Domiciliar.

O iFood também permite outros códigos, desde que tenha relação com alimentação.

Como aumentar as vendas no iFood?

Além de saber o que vender no iFood, também é importante saber como fidelizar seus clientes e melhorar seus resultados.

Para isso, algumas estratégias são importantes:

  • Cupons de desconto: na primeira entrega a seus clientes, envie junto um cupom com um código para que eles paguem menos quando comprarem novamente de você
  • Programa de fidelidade: você pode definir uma pontuação para cada pedido feito e oferecer vantagens, como brindes ou descontos, para quem atingir determinada pontuação
  • Divulgue promoções: é possível usar a própria plataforma do iFood para isso por meio do recurso Campanha Inteligente, aumentando a visibilidade do seu negócio
  • Peça avaliações: ao solicitar opiniões de clientes, você demonstra preocupação em ouvir os consumidores e recebe sugestões que podem ajudar a melhorar seu desempenho

Como vender fora do iFood?

Até aqui, vimos algumas ideias para decidir o que vender no iFood e dicas para ter bons resultados usando a plataforma.

Mas se você quiser fugir das taxas e aumentar sua margem de lucro, vai precisar de uma solução para fazer suas cobranças.

Desta forma, você ganha mais a cada entrega feita.

Para isso, é preciso usar uma solução completa de cobranças.

Os consumidores de hoje são exigentes quanto às formas de pagamento.

Muitos pedem para usar o Pix, enquanto outros podem querer pagar com cartão por aproximação, por meio da tecnologia NFC.

Nessas horas, é importante contar com uma boa máquina de cartão de crédito.

A Cielo tem as opções mais completas, com modelos sem fio para entrega e com ferramentas para acompanhar o desempenho das suas vendas.

Além disso, nossas soluções permitem gerar um link de pagamento para cobrar diretamente pela internet.

Você e seus entregadores também podem transfomar o celular em maquina de cartão com o Cielo Tap.

Conheça as melhores ferramentas para vender no delivery.


Portfólio de Soluções! Encontre a que melhor combina com você.

Portfolio de soluções encontre a sua.

Cielo LIO

A máquina inteligente que trabalha por você e economiza seu dinheiro.
Saiba mais
Portfolio de soluções encontre a sua.

Cielo FLASH

A maquininha ultraveloz para você vender muito mais
Saiba mais
Portfolio de soluções encontre a sua.

Cielo ZIP

Na Cielo Você ganha! sua maquininha de verdade.
Saiba mais

Entre em contato e prepare-se para vender mais:

Central de Relacionamento

4002-5472 (todas as localidades)
0800-579-8472 (exceto capitais)

Suporte Técnico

4002-9111 (todas as localidades)
0800-579-0111 (exceto capitais)

Ouvidoria

0800-570-2288