Você está em:

Dicas e Histórias de Sucesso

O que é CAC no marketing digital? Descubra qual é o seu custo de aquisição de clientes!

Você sabe o que é CAC no marketing digital? Entenda a relação entre CAC e LTV, como calcular o ROI e por que essas métricas são importantes.
Publicado por Equipe Cielo

Ambiente de escritório com foco em uma calculadora. No cenário, é possível ver alguns gráficos de cac no marketing digital.

Entender o que é CAC no marketing digital é uma etapa essencial para quem deseja ter sucesso com a sua marca na internet.

Afinal, você não gostaria de saber exatamente qual é o investimento necessário para atrair novos clientes?

Embora os ganhos de escala da internet sejam incomparáveis, ainda assim é importante controlar os custos desse marketing.

Com a ascensão dos produtos digitais e dos influenciadores nos últimos anos, o mercado de marketing digital viveu uma expansão – e um inflacionamento de preços.

Ao ler este artigo até o final, você vai dominar tudo que diz respeito ao CAC no marketing digital para conseguir expandir a sua base de clientes de forma sustentável.

O que é CAC no marketing digital?

O CAC, sigla para Custo de Aquisição de Clientes, representa o valor médio gasto para conquistar cada cliente para o seu negócio.

Esse custo inclui todas as despesas relacionadas à sua estratégia de marketing, desde anúncios e campanhas até os salários da equipe de marketing, entre outros.

No marketing digital, é possível controlar o CAC de forma bastante assertiva, porque há dados relacionados a cada anúncio e cada cliente.

Boa parte das plataformas de anúncio já informa o valor do CAC de forma automática para as campanhas que estão no ar.

Assim, você pode analisar os dados e tomar as decisões mais corretas para a sua empresa.

Como calcular o Custo de Aquisição de Clientes?

O cálculo do Custo de Aquisição de Clientes é muito simples: basta dividir o valor total de investimentos em marketing em um determinado período pelo número de clientes conquistados nesse mesmo período.

A fórmula, portanto, é a seguinte:

  • CAC = Investimento em marketing / Número de clientes conquistados.

Suponha, por exemplo, que você investiu R$ 5 mil em anúncios online em um mês.

Nesse mesmo período, 100 novos clientes foram conquistados.

Dividindo R$ 5 mil por 100, chegamos ao valor do CAC: R$ 50.

Ou seja: você precisa investir R$ 50 para conquistar cada cliente – se as campanhas de marketing permanecerem com as mesmas métricas.

Vale reforçar que você precisa considerar todos os custos relacionados ao marketing para fazer essa conta.

Como saber se o seu CAC está bom?

Em tese, quanto menor for o valor do CAC, melhor.

Afinal, você quer pagar o mínimo possível para conquistar cada cliente, garantindo a máxima eficiência para o dinheiro gasto em anúncios.

Na prática, é impossível afirmar se o CAC está bom olhando apenas para esse número isoladamente.

Determinar se o seu CAC está realmente bom depende de vários fatores, como o setor em que sua empresa atua, o ciclo de vida dos clientes e a estratégia de crescimento da empresa.

No entanto, algumas diretrizes podem ajudar a avaliar se o Custo de Aquisição de Clientes está dentro de um patamar aceitável:

Em primeiro lugar, vale a pena ter uma pesquisa do seu setor.

Algumas áreas têm CACs naturalmente mais altos devido à competição e natureza do mercado, em especial quando o ticket médio também for elevado.

Além disso, essa pesquisa vai ajudá-lo no momento de definir as metas.

Em segundo lugar, é fundamental acompanhar o histórico do seu CAC, para entender se há algum tipo de anomalia ou sazonalidade, ou se o padrão está sendo seguido.

Por fim, você precisa analisar o CAC dentro do contexto do Lifetime Value (LTV): se o CAC for significativamente menor que o Lifetime Value (valor total que uma pessoa gera durante o tempo que é cliente da empresa), é um bom sinal.

Um CAC baixo em relação ao LTV significa que o investimento na aquisição de clientes pode ser recuperado rapidamente.

Já um CAC muito alto em relação ao LTV significa que a estratégia de marketing não está sustentável.

Vamos entender melhor?

O que é Lifetime Value (LTV)?

O Lifetime Value (LTV), ou Valor do Tempo de Vida do Cliente, representa o valor total esperado de uma pessoa ao longo do tempo em que ela faz negócios com a sua empresa.

Em outras palavras, é o valor médio que cada cliente gasta durante todo o período em que mantém relação com a sua empresa.

Para calcular o LTV, normalmente se considera a receita gerada por uma pessoa ao longo de seu relacionamento com a empresa, subtraindo os custos associados a esse cliente.

A fórmula básica para calcular o LTV é a seguinte:

  • LTV = Ticket Médio x Frequência de Compra x Tempo de Duração do Relacionamento com Cliente.

O LTV é uma métrica importante porque ajuda as empresas a entenderem o valor potencial de longo prazo de seus clientes.

Qual é a relação entre CAC e LTV?

A relação entre CAC e LTV é crucial para determinar a viabilidade e a sustentabilidade de um negócio e de suas estratégias de marketing.

Como vimos, o CAC representa o investimento necessário para adquirir cada cliente, enquanto o LTV é o valor que essa pessoa gera ao longo de seu relacionamento com a empresa.

Assim, a relação ideal entre CAC e LTV é que o CAC seja significativamente menor que o LTV.

Em outras palavras, o investimento feito para adquirir cada cliente deve ser menor do que o valor que essa pessoa contribui para a empresa ao longo do tempo.

Se o seu CAC for menor que o LTV, isso indica que a empresa está gastando de forma eficiente para adquirir clientes e que o retorno esperado é maior que o investimento feito.

Agora, se o CAC for maior que o LTV, isso pode indicar problemas de rentabilidade.

Afinal, ninguém quer gastar mais para adquirir clientes do que eles realmente geram receita para a empresa.

Como calcular o ROI?

O ROI, sigla para Retorno sobre Investimento, é uma métrica usada para avaliar a eficiência e a lucratividade de um investimento em específico.

Para calcular o ROI, você pode usar a seguinte fórmula:

  • ROI = (Receita Gerada−Custo do Investimento / Custo do Investimento) x 100.

Por exemplo: se você investiu R$ 10 mil em uma campanha de marketing e essa campanha gerou R$ 30 mil em receita, o cálculo mostra que o ROI dessa campanha foi de 200%.

Ou seja, para cada R$ 1 investido, você obteve R$ 3 em retorno.

O ROI é uma métrica importante para avaliar a eficácia de um investimento e é utilizado para comparar diferentes investimentos, a fim de tomar decisões que façam mais sentido para sua empresa.

Em tese, quanto maior o ROI de um investimento, mais você deve priorizá-lo.

Durante a Black Friday, por exemplo, os valores de anúncios no Instagram tendem a disparar.

Nesse período, você precisa ter a maior assertividade possível e o ROI é uma métrica essencial para não errar.

Por que essas métricas são importantes para seu negócio?

Compreender essa métricas é essencial para profissionais de marketing digital ou gestores da área, porque são elas que vão determinar a sustentabilidade e a viabilidade do seu negócio.

Mas fique atento: elas não são as únicas métricas que você precisa conhecer para ter sucesso na área.

Há outras duas, em especial, que merecem sua atenção.

O que é ticket médio?

Ticket médio é o valor médio que uma pessoa gasta com a sua empresa a cada compra.

Para chegar ao valor do ticket médio, o cálculo é muito simples:

  • Ticket Médio = Receita Total Gerada / Número de vendas.

O ticket médio é uma métrica relevante para entender o poder de compra dos seus clientes e pode ajudar na definição de estratégias para aumentar esse valor, seja por meio de upselling, cross-selling ou outras táticas de otimização das vendas.

O que é Churn Rate?

O Churn Rate é uma métrica que representa a taxa de perda ou cancelamento de clientes durante um determinado período.

Por isso, ele é de enorme importância para empresas que trabalham com algum tipo de assinatura ou pagamento recorrente.

Para calcular o Churn Rate, você precisa considerar o número de clientes perdidos durante um período específico e dividir esse valor pelo número total de clientes no início desse mesmo período.

Por exemplo, se uma empresa começa o mês com 500 clientes e perde 50 clientes ao longo do mês, o valor do Churn Rate seria de 10%.

Um churn rate elevado pode indicar problemas na retenção de clientes, o que pode afetar a saúde financeira e a estabilidade do seu negócio.

Como otimizar os investimentos em marketing digital?

O primeiro passo para otimizar os seus investimentos com marketing digital é medir todos os aspectos do seu negócio.

Parece óbvio, mas não são todas as empresas que contam com dados atualizados e números confiáveis para auxiliar na tomada de decisão.

Depois, você vai precisar fazer experimentos e testes, monitorando cada resultado para aprender com eles.

Por mais que você saiba toda a teoria, no marketing digital é preciso colocar os testes no ar para realmente ter certeza dos resultados.

Só assim você conseguirá aumentar a margem de lucros do seu negócio no longo prazo.

Quer entender ainda mais sobre o seu negócio?

A Cielo possui um serviço de inteligência de dados que é ideal para quem deseja otimizar investimentos.

Com o Cielo Farol, você descobre o perfil de renda e o comportamento de compra dos seus clientes para comparar com a média de negócios parecidos com o seu, entre outras informações estratégicas que são vitais para a sustentabilidade da sua empresa.

Conheça o Cielo Farol e tenha uma visão completa do seu negócio!

Matérias mais recentes

Atividades permitidas no Simples Nacional separadas por setores e principais CNAEs

Está procurando quais são as atividades permitidas no Simples Nacional para enquadrar sua empresa? A boa notícia é que existem…

Publicado por Equipe Cielo

Torta no Quintal: diversidade de sabores e de formas de pagamento em parceria com a Cielo

Há quase 13 anos, o casal Juliana e Rafael decidirem transformar o sonho de ter seu próprio negócio em realidade….

Publicado por Equipe Cielo

Business Performance: o que é, exemplos e principais KPIs para melhorar seu negócio

Business Performance é um conjunto de práticas que usa a análise de dados para otimizar a gestão de uma organização….

Publicado por Equipe Cielo

O que é CVBA (Característica, Vantagem, Benefício e Atração)? Venda mais e melhor!

CVBA é uma sigla que pode ajudar você a impulsionar suas vendas com uma metodologia simples. Basicamente, você terá que…

Publicado por Equipe Cielo

Valor agregado de um produto: o que é e como aplicar? Melhore o seu faturamento!

Você sabe o que é valor agregado de um produto e por que é importante trabalhar esse atributo no seu…

Publicado por Equipe Cielo

Lollapalooza Brasil 2024: Cielo é a maquininha de pagamento oficial do festival

A Cielo, referência no setor de meios de pagamentos no país, será a maquininha de pagamento oficial do Lollapalooza Brasil…

Publicado por Equipe Cielo
Ver mais matérias

Portfólio de Soluções! Encontre a que melhor combina com você.

Portfolio de soluções encontre a sua.

Cielo LIO

A máquina inteligente que trabalha por você e economiza seu dinheiro.
Saiba mais
Portfolio de soluções encontre a sua.

Cielo FLASH

A maquininha ultraveloz para você vender muito mais
Saiba mais
Portfolio de soluções encontre a sua.

Cielo ZIP

Na Cielo Você ganha! sua maquininha de verdade.
Saiba mais

Entre em contato e prepare-se para vender mais:

Central de Relacionamento

4002-5472 (todas as localidades)
0800-579-8472 (exceto capitais)

Suporte Técnico

4002-9111 (todas as localidades)
0800-579-0111 (exceto capitais)

Ouvidoria

0800-570-2288