Você está em:

Dicas e Histórias de Sucesso

Como revender semijoias e ganhar uma renda extra

Publicado por Equipe Cielo

Revender semijoias é alternativa para quem busca ganhar dinheiro trabalhando de forma autônoma.

 
Em junho de 2018, o número de pessoas fora do mercado de trabalho atingiu a marca de 65,5 milhões de pessoas, um crescimento de 1,2% em relação ao trimestre anterior, segundo dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua). Este número representa a população que nem trabalha nem busca um emprego formal.
No entanto, mais pessoas buscam diferentes maneiras de garantir renda. Segundo o IBGE, o número de profissionais informais, sem carteira assinada, cresceu 2,6% de abril a junho de 2018 em comparação ao trimestre anterior.
 
SAÍDA PELO VAREJO
Boa parte desses brasileiros estão se mexendo e encontrando soluções para mover a economia nacional. E uma das oportunidades é investir no varejo. O Índice Cielo de Varejo Ampliado (ICVA), que traz dados importantes para guiar estratégias do setor de consumo, aponta que, de agosto de 2017 a junho deste ano, houve altas consecutivas do varejo. As vendas no setor cresceram, em média, 2,01% ao mês.
Para quem busca uma renda extra, por exemplo, uma boa saída é o mercado de revenda de joias e semijoias. Maior feira do setor,  a BIJOIAS, aconteceu em agosto de 2018, ocasião em que 200 expositores apresentarão novidades do mercado de bijuterias, acessórios, joias de prata e aço, folheados e semijoias.
Se você deseja saber como revender semijoiasconfira 6 dicas indispensáveis para ser um bom vendedor e encantar os clientes desse setor em crescimento.
 

1- Fique ligado nas tendências das novelas e cinema

 Influenciadas pelo que veem na televisão e nos filmes, as mulheres desejam joias iguais ou muito parecidos com o que as estrelas apareceram nas telas. “É importante, porém, segmentar esses artistas de acordo com seu público. Veja quais produtos conversam mais com que tipo de artista e que aderência essa combinação tem com seu público”, sugere Ricardo Pastore, professor e coordenador do núcleo de varejo da ESPM. E vá além das telas: acompanhe as principais atrizes nas redes sociais, com isso, você saberá escolher as semijoias para revender e também terá mais argumentos na hora da venda.
 

2- Crie uma rotina de gestão

É essencial criar uma rotina de maneira que, por mais que se tenha outras atividades no dia, você se dedique ao seu negócio integralmente durante as horas reservadas a esse trabalho. “Não pode misturar as coisas. O período do trabalho deve ser dedicado exclusivamente a essa tarefa”, lembra Pastore. Reserve algumas horas do dia ou um dia em específico na semana para fazer contas, organizar o estoque das semijoias, ver novas opções em catálogos, estudar o mercado, criar rotas de deslocamento para a próxima semana e fazer novos contatos por exemplo.
 

3- Crie um valor de marca

O docente ainda aponta que é preciso pensar em estratégias para traduzir melhor o valor de marca do seu produto e não deixar que os clientes tenham em mente apenas o preço  da semijoia. “Invista em planejamento, pesquisa e plano de ação para organizar o seu negócio de revendas. Dessa maneira, sua marca aumenta as chances de ser reconhecida e você vende mais”, recomenda. Invista também no seu marketing pessoal: a sua abordagem e relacionamento com os clientes pode fazer a diferença na hora de fidelizá-los.
 

4- Estude e crie vínculos com os seus clientes de semijoias

Na revenda de semijoias, estreitar a relação com seu consumidor é ótimo para você vender mais e também conquistar clientes. Crie uma lista ou uma planilha com dados das suas clientes. “Nesse arquivo, devem conter informações como nome, contatos, e o histórico de compras, ou seja, quando comprou, qual o valor da venda e quais itens foram adquiridos”, aponta o especialista. Essas informações ajudam você a sugerir novas peças de acordo com vendas anteriores e fidelizar sua clientela. Essa organização vai ajudar a fazer vendas mais recorrentes, melhorar suas abordagens e saber melhor quais tipos de semijoias oferecer a clientes específicos.
 

5- Diversifique as formas de pagamento

Quando você trabalha com apenas uma opção de cobrança, pode perder vendas por impulso. “As facilidades de pagamento devem ser oferecidas como um benefício junto aos diferenciais do produto ofertado, antes mesmo de se falar no preço. Poucos se atentam, mas isso pode ser o ponto-chave da venda”, alerta Ricardo. Com a Cielo você pode aceitar compras com cartões de crédito, débito e também vender pelas redes sociais e Whatsapp. É praticidade para você vender bem e não perdersuas vendas de semijoias.
 

6- Faça o acompanhamento pós-vendas

Para ser um bom vendedor, tenha em mente que a venda não acaba após o pagamento. Para quem revende semijoias e outros produtos de moda e beleza, preocupar-se com o bem-estar da cliente no pós-venda é essencial. “Incentive as consumidoras a mandarem fotos selfie usando as peças e as poste nas redes sociais. Essa prática cria identificação com o público e, ao mesmo tempo, gera conteúdo para sua marca”, recomenda. Pastore reforça ainda a importância de ser ativo na internet e fortalecer o engajamento com o público para que novas vendas aconteçam. “Estimule clientes a postarem resenhas falando do produto e também a marcarem você para que outros usuários da rede saibam onde te encontrar”, finaliza.
 

 


Portfólio de Soluções! Encontre a que melhor combina com você.

Portfolio de soluções encontre a sua.

Cielo LIO

A máquina inteligente que trabalha por você e economiza seu dinheiro.
Saiba mais
Portfolio de soluções encontre a sua.

Cielo FLASH

A maquininha ultraveloz para você vender muito mais
Saiba mais
Portfolio de soluções encontre a sua.

Cielo ZIP

Na Cielo Você ganha! sua maquininha de verdade.
Saiba mais

Entre em contato e prepare-se para vender mais:

Central de Relacionamento

4002-5472 (todas as localidades)
0800-579-8472 (exceto capitais)

Suporte Técnico

4002-9111 (todas as localidades)
0800-579-0111 (exceto capitais)

Ouvidoria

0800-570-2288