Você está em:

Índice ICVA

Varejo brasileiro registra, em 2019, o maior crescimento em cinco anos

Publicado por Equipe Cielo

Alta nas vendas chegou a 6,4%. Recorde anterior, de 10,9%, foi verificado em 2014

 
 
As vendas no varejo brasileiro cresceram 2,9% em 2019, descontada a inflação, em comparação a dezembro de 2018, de acordo com o Índice Cielo do Varejo Ampliado (ICVA). É o melhor resultado desde 2014, quando as vendas subiram 4,2%. Em termos nominais, que espelham a receita de vendas observadas pelo varejista, o ICVA em 2019 apresentou alta de 6,4%.
 

 
O bloco de Bens Não Duráveis cresceu 3,9%, enquanto os blocos de Bens Duráveis e Semiduráveis apresentaram aumento de 2,9% e 1,1%, respectivamente. Descontada a inflação, as maiores altas nas vendas ocorreram nas regiões Norte (6,3%), Sul (5,2%), Centro-Oeste (4,3%), Nordeste (3,8%) e Sudeste (1,2%).
 

 
Segundo Gabriel Mariotto, diretor de inteligência da Cielo, o varejo fechou o ano de 2019 no maior patamar de crescimento desde 2014. Embora o primeiro semestre tenha apresentado uma pequena desaceleração em relação ao final de 2018, no segundo semestre houve certa recuperação do crescimento.
 
“Destaque para a Semana do Brasil, em setembro, e a Black Friday, em novembro, que contribuíram positivamente para essa retomada de ritmo”, afirma Mariotto.
 

Dezembro/Natal

 
Em dezembro as vendas cresceram 2,6%, descontada a inflação, comparadas com o mesmo mês de 2018. Em termos nominais, o ICVA apresentou alta de 6,1%. O impacto de calendário foi pouco relevante para o resultado do período. Houve uma terça-feira a mais e um sábado a menos. Mas, na véspera de Réveillon, a troca de dias compensou esse efeito.
 
Com esse resultado, dezembro apresentou desaceleração em relação a novembro. O Natal, em particular, apresentou crescimento menor que o ritmo do início do mês.
 
“Apesar dessa desaceleração, se olharmos de forma consolidada o período desde a semana anterior à Black Friday até o fim de dezembro, o crescimento foi de aproximadamente 7%, um pouco acima do patamar em que estávamos antes desse período”, diz Mariotto. “A principal hipótese é a de que a Black Friday, tendo sido mais forte, antecipou parte das compras do Natal”, complementa.
 

 
 
As vendas no varejo total cresceram 3,7% no período compreendido entre os dias 19 de dezembro e 25 de dezembro em comparação com o mesmo período de 2018. O crescimento no e-commerce foi de 7,3% enquanto no mundo físico foi de 3,6%. Em 2018, o crescimento das vendas no Natal frente ao mesmo período em 2017 havia sido de 7,7%.
 

Setores

Descontada a inflação e com o ajuste de calendário, somente o bloco de Serviços apresentou aceleração, com destaque positivo para o segmento de Turismo e Transporte. No grupo de Bens Não Duráveis, a desaceleração das vendas foi maior nos segmentos de Supermercados e Hipermercados e Postos de Gasolina. Já nos setores de Bens Duráveis e Semiduráveis, as maiores desacelerações ocorreram nos segmentos de Móveis, Eletro e Departamento e Materiais para Construção.
 

Regiões

Todas as regiões do país apresentaram desaceleração na passagem mensal, de acordo com o ICVA deflacionado e com ajuste de calendário. Na região Norte, a alta foi de 4,5%, seguida pelas regiões Nordeste (3,0%), Centro-Oeste (2,7%), Sudeste (1,8%) e Sul (1,8%).
 
Já pelo ICVA nominal, o destaque também foi a região Norte, com alta de 8,8%. Em seguida aparecem: Centro-Oeste (7,0%), Nordeste (6,4%), Sul (6,1%) e Sudeste (5,7%).
 

Quarto trimestre

Na comparação com o primeiro trimestre, a alta das vendas foi de 4,2% se descontada a inflação. Em termos nominais, o índice cresceu 6,5%, apresentando leve aceleração.
 
 
 


Portfólio de Soluções! Encontre a que melhor combina com você.

Portfolio de soluções encontre a sua.

Cielo LIO

A máquina inteligente que trabalha por você e economiza seu dinheiro.
Saiba mais
Portfolio de soluções encontre a sua.

Cielo FLASH

A maquininha ultraveloz para você vender muito mais
Saiba mais
Portfolio de soluções encontre a sua.

Cielo ZIP

Na Cielo Você ganha! sua maquininha de verdade.
Saiba mais

Entre em contato e prepare-se para vender mais:

Central de Relacionamento

4002-5472 (todas as localidades)
0800-579-8472 (exceto capitais)

Suporte Técnico

4002-9111 (todas as localidades)
0800-579-0111 (exceto capitais)

Ouvidoria

0800-570-2288