Você está em:

Dicas e Histórias de Sucesso

Como fazer um holerite de um jeito simples e rápido

Publicado por Equipe Cielo

Listamos um passo a passo simples e rápido para você aprender de uma vez por todas como fazer um holerite de pagamento

 
Ter um demonstrativo impresso — ou digital — de todos os vencimentos é o direito de um trabalhador, seja ele do setor público ou privado. Você sabe como fazer um holerite para os seus colaboradores? Neste conteúdo vamos falar de todos os passos para construir esse comprovante.
Além de ser um comprovante de renda dos funcionários, o holerite pode ser uma forma do empregador conferir se os pagamentos estão corretos. Afinal, qualquer errinho no cálculo pode resultar multas e ações judiciais completamente evitáveis.
 

Passo a passo de como fazer um holerite dos colaboradores

O holerite é uma solução para que os empregadores não fiquem vulneráveis. Trata-se de um histórico referente ao período em que o trabalhador esteve na empresa. Ter esses documentos pode facilitar um possível pedido de prestação de contas ou encerramento de contrato, por exemplo.
Para fazer um holerite correto é preciso seguir um roteiro antes de pôr a mão na massa. Vamos lá?
 

Qual a categoria do funcionário?

Para que a folha de pagamento esteja perfeita, você deve saber em quais categorias todos os funcionários estão inseridos (indústria, comércio, doméstico, etc.).
Nunca esqueça desse ponto, pois cada categoria possui suas especificidades, ou seja, exigem informações diferentes no holerite.
 

Sistema organizacional

Ter todas informações dos colaboradores é essencial para manter o negócio organizado. Para isso, você precisará de um sistema que o auxilie nessa tarefa, que pode ser o Excel ou Planilhas Google.
Nas tabelas criadas, insira os dados de cada um dos colaboradores e armazene-as em um local de fácil acesso.
Esta planilha deve ser organizada com abas que correspondem aos meses do ano. Assim, você não corre o risco de confundir datas e valores de meses distintos. Alimente a tabela com as seguintes informações:

  • Nome
  • Endereço
  • Número de série da Carteira de Trabalho
  • Cargo
  • Salário líquido e bruto
  • Descontos de benefícios
  • Horas extras

Mantenha todas essas informações atualizadas e localizadas em lugares de fácil acesso, como apontamos no início do tópico.
Aliás, falando em organização, você trabalha com apps de gestão e controle financeiro? É uma boa ideia e pode facilitar muitos processos do seu negócio. Falamos sobre o tema em mais um conteúdo do nosso blog.
 

Calcular, calcular e calcular…

É muito comum que os valores recebidos pelos colaboradores mudem de um mês para o outro. Então, não há um valor fixo mensalmente, pois tudo depende dos descontos e acréscimos que podem ser identificados na folha de ponto.
Atrasos, horas extras e faltas injustificadas são exemplos de situações que interferem diretamente no valor que é pago ao colaborador.
Agora, confira alguns descontos que você deve ter na ponta da língua:
 

INSS

A contribuição com o INSS é obrigatória para os segurados e deve ser descontada diretamente da folha do colaborador. Porém, esse desconto varia de acordo com o salário:

  • Vencimentos até R$ 1.659,38: desconto de 8%
  • Vencimentos entre R$ 1.659,39 e R$ 2.765,66: desconto de 9%
  • Vencimentos entre R$ 2.765,67 e R$ 5.531,31: desconto de 11%

O FGTS, assim como o INSS, é descontado no holerite do trabalhador de acordo com o nível salarial. A base de cálculo utilizada é a mesma do INSS.
 

Imposto de Renda

O Imposto de Renda ou simplesmente IR, também pode ser deduzido da folha dos trabalhadores que possuem vencimentos superiores a R$ 1.903,98. Assim como o INSS, o cálculo se diferencia de acordo com o salário dos colaboradores:

  • Salários entre R$ 1.903,99 e R$ 2.826,65: alíquota de 7,5% e desconto padrão de R$ 142,80;
  • Salários entre R$ 2.826,66 e R$ 3.751,05: alíquota de 15% e desconto padrão de R$ 354,80;
  • Salários entre R$ 3.751,06 e R$ 4.664,68: alíquota de 22,5% e desconto padrão de R$ 636,13;

A partir de R$ 4.664,69: alíquota de 27,5% e desconto padrão de R$ 869,36.
Leia mais: Como declarar Imposto de Renda sendo autônomo
 

Hora extra e vale-transporte

Chegar ao valor do benefício é bem simples.  Antes de tudo, você deve encontrar o valor da hora trabalhada do colaborador. Divida o salário pela quantidade de dias no mês e faça a divisão deste resultado por oito, que é a carga horário diária do funcionário.
Esse número representa o custo da hora trabalhada pelo colaborador. Adicione 50% e terá o valor da hora extra do empregado.
Já o desconto referente ao vale-transporte, direito garantido pela CLT, é ainda mais simples. Basta deduzir 6% do salário bruto.
 

Organize as informações

Após realizar todos os cálculos, chegou a hora de identificar cada um deles na folha de pagamento e também na sua planilha.
Separe cada um dos descontos na folha e destaque-os para que colaborador saiba o destino do seu dinheiro. Afinal, essa transparência é essencial para que você não tenha problemas futuros com nenhum colaborador.
 

Reveja as informações

Os cálculos podem parecer simples, mas fazer um holerite é uma tarefa que exige muita atenção. Quando é preciso elaborar vários deles, cometer erros é ainda mais fácil. Portanto, siga essa dica da Cielo, ok?
Revisar os cálculos antes de finalizar o processo é muito importante. Além, é claro, de olhar com atenção a folha de ponto de cada um dos colaboradores.
Lidar com o dinheiro das pessoas nunca foi um trabalho fácil. Então, dedicar um tempo a mais do seu dia para revisar tudo que foi feito é uma precaução necessária.
 
Pronto!
Agora você sabe como fazer um holerite. Quer aprender mais? Nós temos 5 dicas de como fazer sua empresa crescer e, se deseja saber a diferença entre um chefe e um líder, nós também explicamos no blog. Confira quando tiver um tempinho.


Portfólio de Soluções! Encontre a que melhor combina com você.

Portfolio de soluções encontre a sua.

Cielo LIO

A máquina inteligente que trabalha por você e economiza seu dinheiro.
Saiba mais
Portfolio de soluções encontre a sua.

Cielo FLASH

A maquininha ultraveloz para você vender muito mais
Saiba mais
Portfolio de soluções encontre a sua.

Cielo ZIP

Na Cielo Você ganha! sua maquininha de verdade.
Saiba mais

Entre em contato e prepare-se para vender mais:

Central de Relacionamento

4002-5472 (todas as localidades)
0800-579-8472 (exceto capitais)

Suporte Técnico

4002-9111 (todas as localidades)
0800-579-0111 (exceto capitais)

Ouvidoria

0800-570-2288