Você está em:

Institucional

Cielo explica o significado e origem da sigla LGBTQIA +. Confira!

Publicado por Equipe Cielo


Há 51 anos, junho é celebrado como o mês internacional do orgulho LGBTQIA + e a Cielo, pensando em um mundo mais inclusivo, se propôs a falar sobre esse universo. No conteúdo de hoje abordaremos o significado da sigla LGBTQIA + e a história por trás da luta para educar as pessoas sobre a diversidade de orientações sexuais e identidades de gênero.

O significado das letras na sigla LGBTQIA +


Todas as letras da sigla LGBTQIA + estão relacionadas a um grupo de pessoas reconhecidas tanto por sua orientação sexual quanto pela identidade de gênero, o que as diferencia do grupo heterossexual, erroneamente definido como certo e único aceitável.
Como sabemos, a orientação sexual está ligada aos gêneros masculino e feminino, daqueles com quem nos relacionamos. Já a identidade de gênero diz respeito ao jeito que a pessoa se reconhece perante a sociedade.
A combinação da sigla, nada mais é do que a adaptação do extinto termo GLS (gays, lésbicas e simpatizantes). Saiba o que cada uma das letras simboliza:

  • O L refere-se às lésbicas;
  • Enquanto que o G, está para gays, mulheres e homens, que sentem atração afetivo-sexual por pessoas do mesmo gênero que o seu;
  • Já o B representa os bissexuais, aqueles que sentem atração afetivo-sexual por homens e mulheres.

Essas três letras juntam grupos diante de suas orientações sexuais. A partir da próxima letra, a sigla integra diversas identidades de gênero.

  • A letra T inclui transgêneros, transexuais e travestis.

São pessoas que se identificam com um gênero diferente do indicado quando nasceram. Para isso, rompem e transgridem os códigos sociais e culturais construídos e atribuídos a cada gênero, uma vez que transitam entre eles.
Trans” é o oposto de “cis”, abreviação de cisgênero, termo que simboliza mulheres e homens que se reconhecem conforme seu gênero de nascimento. Quem é transexual geralmente realiza mudanças no próprio corpo para se sentir bem, independentemente da sua opção hétero ou homossexual.
Por exemplo, a mulher transgênero é aquela que realiza mudanças estéticas, podendo ser gay ou não. O homem trans, também.
Transgêneros, transexuais e travestis têm sido reunidos no termo transvestigênere.

  • O Q é de queer e simboliza quem transita entre os gêneros feminino e masculino.

A teoria queer afirma que a orientação sexual e a identidade de gênero são resultado de uma construção social, e não somente da funcionalidade biológica.

  • A letra I é mais recente e diz respeito ao intersexo.

O intersexo nada mais é do que o grupo de pessoas cujo desenvolvimento sexual corporal, seja por hormônios, genitais, cromossomos ou outras características biológicas, seja não-binário. Isso quer dizer que não se encaixam na forma binária masculino-feminino.

  • Enquanto que a letra A refere-se, também à orientação sexual.

Estes, denominados assexuais, são aqueles que não sentem atração afetivo-sexual por outra pessoa, independente da orientação sexual ou identidade de gênero.

  • Já o símbolo + (mais) abriga outras possibilidades de orientação sexual e identidade de gênero.

É a orientação sexual mais fluida, no caso o pansexual. Simboliza a pessoa que sente atração afetivo-sexual independente da identidade de gênero da pessoa.

A importância da sigla LGBTQIA +

Para algumas pessoas essa sigla não quer dizer muita coisa, a não ser um monte de letras agrupadas. Mas, o intuito do movimento LGBTQIA + é fazer com que inúmeros cidadãos sintam-se representados e que suas pautas sejam defendidas perante a sociedade.

Origem da celebração do mês LGBTQIA +

Não faz muito tempo que a homossexualidade deixou de ser considerada crime e dentre as penas para quem os cometia, infelizmente, estava a prisão perpétua. Por isso, lésbicas, gays, bissexuais e travestis eram alvos constantes de policiais que extorquiam e batiam em todos aqueles que não se denominavam heterossexuais, na maioria dos estados norte-americanos.
No dia 28 de junho de 1969, a polícia de Nova Iorque faria uma batida em Greenwich Village, bairro do Stonewall Inn, um dos poucos bares que recebia o público LGBT. Porém, uma multidão encurralou os policiais e um grande confronto teve início.
A confusão se estendeu por dias e ficou conhecida como As Rebeliões de Stonewall, o marco de resistência na luta por direitos da comunidade gay. No aniversário de um ano da manifestação, dez mil pessoas se reuniram na porta do bar e celebraram a primeira Parada da Diversidade e do Orgulho LGBTQIA +.
Aproveite e confira o que rolou na Parada do Orgulho LGBTQIA+ SP – 2021.
Esse conteúdo foi feito com muito respeito e carinho, para dizer que nós “consideramos justa toda forma de amor”, como diz a música do Lulu Santos.
Gostou da matéria? Siga a Cielo nos canais do Facebook, Instagram e LinkedIn e compartilhe vários assuntos com seus amigos. Até a próxima.
 


Portfólio de Soluções! Encontre a que melhor combina com você.

Portfolio de soluções encontre a sua.

Cielo LIO

A máquina inteligente que trabalha por você e economiza seu dinheiro.
Saiba mais
Portfolio de soluções encontre a sua.

Cielo FLASH

A maquininha ultraveloz para você vender muito mais
Saiba mais
Portfolio de soluções encontre a sua.

Cielo ZIP

Na Cielo Você ganha! sua maquininha de verdade.
Saiba mais

Entre em contato e prepare-se para vender mais:

Central de Relacionamento

4002-5472 (todas as localidades)
0800-579-8472 (exceto capitais)

Suporte Técnico

4002-9111 (todas as localidades)
0800-579-0111 (exceto capitais)

Ouvidoria

0800-570-2288