Você está em:

Imprensa

Outubro Rosa: Cielo apoia a prevenção do câncer de mama | Cielo

Publicado por Equipe Cielo

Certamente você já ouviu falar de Outubro Rosa. Mas você sabe, de fato, o que isso significa? No texto a seguir, falamos sobre o surgimento e a importância desse movimento internacional tão importante.
Contamos também com a Dra. Luciana Marangoni que além de ser a médica responsável pelo ambulatório dos colaboradores Cielo, é especialista em medicina familiar e nos explicou sobre o câncer de mama e sua prevenção.

 

História

O movimento popular internacional conhecido como Outubro Rosa nasceu nos Estados Unidos, no final do século XX, para estimular a participação da população no controle do câncer de mama.
No Brasil, a primeira iniciativa ocorreu em 2002, quando em São Paulo, o Obelisco do Ibirapuera surgiu iluminado de rosa. A iluminação diferenciada tornou-se uma leitura visual compreendida em qualquer lugar do mundo.
Desde então, anualmente durante todo o mês de outubro, a população, empresas e entidades promovem o combate e a conscientização da doença unindo diversos povos diante da sua causa nobre.
 

O câncer de mama

O câncer de mama é uma doença causada pela multiplicação desordenada de células da mama. Esse processo gera células anormais que se multiplicam, formando um tumor.
Os tipos de câncer que mais matam são os de pulmão, intestino, estômago, fígado e mama. Nas mulheres, o câncer de mama é o principal causador de mortes, segundo o Instituto Nacional de Câncer.
Geralmente, o câncer se apresenta com formato irregular entre os seios, as bordas e massa da mama mal definidas, com aderência aos tecidos circundantes, além de não serem maleáveis, estando fixos ao local.
Os tumores malignos costumam ser indolores e nem sempre são encontrados somente ao apalpar os seios. Portanto a mamografia se torna imprescindível para o diagnóstico.
O câncer de mama também pode ocorrer em homens, porque eles também possuem glândulas mamárias e hormônios femininos, ainda que em quantidade pequena, o que torna essa patologia bem mais rara.
 

Mamografia

A mamografia é um exame de rastreamento com comprovada eficácia. Independente de histórico da doença na família, o Ministério da Saúde indica que mulheres entre 50 a 69 anos façam esse exame a cada 2 anos.
Abaixo dos 50 anos e acima dos 70 anos, os órgãos de saúde consideram que o acompanhamento pode causar exposição desnecessária à radiação ionizante, podendo causar riscos inerentes.
Muitas mulheres acreditam que o autoexame das mamas exclui a necessidade da mamografia, mas isso não é verdade. Orientamos que as mulheres realizem o autoexame sempre que se sentirem confortáveis, seja no banho, na troca de roupa ou em outra situação cotidiana.
Não existe recomendação ou técnica específica, apenas valorizar a descoberta casual de pequenas alterações mamárias. Entretanto, é necessário que a mulher procure esclarecimento médico sempre que perceber qualquer alteração em suas mamas e participe das ações de detecção precoce do câncer de mama.
Mas calma! Não se assuste! Nem sempre os nódulos são malignos. Para confirmar se são benignos, o ideal é realizar biópsia.

 

Fatores de risco

A menarca, primeira menstruação, antes dos 12 anos e a menopausa, última menstruação, após 55 anos são fatores de risco para o câncer de mama.
Fatores de história reprodutiva e comportamental como não ter filhos, a primeira gestação após os 30 anos, além do uso de contraceptivos e reposição hormonal pós-menopausa também contribuem negativamente.
 

Mitos e verdades

Os traumas, termos técnicos que a medicina usa para denominar pancadas, podem causar fibrose na mama, o que corresponde a um espessamento e não um nódulo maligno.
Amamentar ajuda na prevenção do câncer, devido a esfoliação do tecido mamário que elimina e renova as células agredidas. Quando termina a lactação, várias células se autodestroem, entre elas algumas que poderiam ter lesões no material genético.
Outro benefício durante o período de aleitamento é a diminuição de taxas de determinados hormônios. Quanto mais prolongada for a amamentação, maior a proteção para a mãe e o bebê.
O câncer de mama masculino aparece, normalmente, após os 60 anos e pode ser mais frequente quando familiares – inclusive mulheres – apresentam histórico de câncer de mama e de ovário.
O homem deve estar atento ao surgimento de um caroço próximo ao mamilo, retração do mamilo , secreção, dor em apenas uma mama.
Somente 1% dos casos de câncer é diagnosticado em homens. Para cada 100 mulheres diagnosticadas, um homem tem o diagnóstico da doença.
 

Ações Cielo

Neste ano, a Cielo promoveu três ações em comemoração ao Outubro Rosa: tivemos a presença de Elizabeth Lomaski, fundadora e presidente da ONG Rapunzel Solidária, falando sobre sua história e a importância da doação de cabelo.
No dia da palestra, os colaboradores Cielo se vestiram de rosa e, quem pôde, durante o expediente, cortou o cabelo para doar à ONG que atende crianças, jovens e adultos que estão em tratamento do câncer, e outras doenças, como a alopecia, que também causa a perda dos cabelos.
A ONG Rapunzel Solidária proporciona apliques e perucas a pacientes em tratamento. O objetivo é evitar eventual desânimo durante o período em que pode haver perda de cabelos como efeito colateral.
Caso você possa contribuir com a causa, se estiver nos seus planos um corte de cabelos, acesse o site https://www.rapunzelsolidaria.org.br/como-doar/ e busque os dados de entrega, a ONG vai semanalmente ao correio retirar as doações.
 
Nossos colaboradores já fizeram sua parte. Doe você também. Seja generoso!
Cuide do seu corpo, ouça seu médico e previna-se contra o câncer de mama.


Portfólio de Soluções! Encontre a que melhor combina com você.

Portfolio de soluções encontre a sua.

Cielo LIO

A máquina inteligente que trabalha por você e economiza seu dinheiro.
Saiba mais
Portfolio de soluções encontre a sua.

Cielo FLASH

A maquininha ultraveloz para você vender muito mais
Saiba mais
Portfolio de soluções encontre a sua.

Cielo ZIP

Na Cielo Você ganha! sua maquininha de verdade.
Saiba mais

Entre em contato e prepare-se para vender mais:

Central de Relacionamento

4002-5472 (todas as localidades)
0800-579-8472 (exceto capitais)

Suporte Técnico

4002-9111 (todas as localidades)
0800-579-0111 (exceto capitais)

Ouvidoria

0800-570-2288