Você está em:

Dicas e Histórias de Sucesso

Como calcular o preço de venda do seu produto?

Publicado por Equipe Cielo

Confira cinco dicas essenciais para gerenciar melhor os números do seu negócio e calcular preço de venda.

 
Uma das principais dificuldades de quem está começando no mundo dos negócios é conseguir estabelecer um preço justo, adequado e competitivo para o seu produto. Muitas vezes, para precificar corretamente não basta apenas fazer cálculos de cabeça ou observar os preços praticados pela concorrência. Para definir o preço de venda é preciso avaliar detalhadamente os seus custos e as despesas para ver o quanto você terá de margem de manobra e de lucro efetivo.
Segundo consultoria do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), a definição do preço adequado depende do equilíbrio entre o preço de mercado e o valor calculado, sendo que esse valor deve cobrir o custo da mercadoria, somado às despesas variáveis e fixas. Além disso, deve gerar um lucro líquido. Veja abaixo algumas dicas importantes de como calcular preço de venda:
 

1) Calcule os gastos:

toda empresa tem custos fixos e variáveis que devem ser levados em consideração no momento de calcular o preço de venda de um produto. Não faça cálculos estimados ou de cabeça, coloque tudo em uma planilha. Os custos fixos são aqueles mensais, como aluguel, telefone, água, luz e funcionários (se tiver). As variáveis incluem despesas com embalagens, entregas, taxas de manutenção da máquina de cartão etc. Não esqueça de incluir os impostos e possíveis descontos que dará ao consumidor.

2) Avalie o mercado: 

o seu preço de venda deverá estar próximo do praticado pelos concorrentes diretos, na mesma categoria. O conhecimento da sua marca, o tempo que ela está no mercado e o seu volume de vendas já conquistado, exercem influência.

3) Faça pesquisas:

antes de estabelecer em definitivo o preço de venda do seu produto, o ideal é fazer um estudo/pesquisa da demanda de mercadorias, produtos ou serviços que poderiam ser atendidos por sua empresa. Variáveis como população, atividade econômica, situação política, nível de renda e emprego e concorrência devem sempre ser consideradas na precificação.

4) Mantenha o equilíbrio:

se o preço ditado pelo mercado for menor do que o que você terá com seus custos internos, você deve refazer os cálculos de venda para avaliar a viabilidade e evitar prejuízos. Segundo o Sebrae, para equilibrar o preço de venda, é preciso diminuir custos e até mesmo aceitar um lucro menor.

5) Atualize-se: 

o preço de venda precisa sempre ser revisto, seja por aumento no preço de compra das matérias-primas; seja por exigência dos consumidores ou pela concorrência. Fique atento para se enquadrar nas regras do mercado.
Clientes fidelizados podem ser bons aliados para a sua empresa. Saiba como melhorar o seu atendimento e conquistar uma clientela fiel.
 


Portfólio de Soluções! Encontre a que melhor combina com você.

Portfolio de soluções encontre a sua.

Cielo LIO

A máquina inteligente que trabalha por você e economiza seu dinheiro.
Saiba mais
Portfolio de soluções encontre a sua.

Cielo FLASH

A maquininha ultraveloz para você vender muito mais
Saiba mais
Portfolio de soluções encontre a sua.

Cielo ZIP

Na Cielo Você ganha! sua maquininha de verdade.
Saiba mais

Entre em contato e prepare-se para vender mais:

Central de Relacionamento

4002-5472 (todas as localidades)
0800-579-8472 (exceto capitais)

Suporte Técnico

4002-9111 (todas as localidades)
0800-579-0111 (exceto capitais)

Ouvidoria

0800-570-2288